Celebridades

João Kléber abre o jogo sobre ser gay e dispara: “Todo mundo tem seu lado homossexual”

João Kléber
O apresentador João Kléber surpreendeu ao falar sobre a sua orientação sexual Foto: Divulgação)

João Kléber acabou causando polêmica com declarações um tanto inusitadas que estão dando o que falar

O apresentador João Kléber resolveu abrir o jogo sobre a sua intimidade e relembrar momentos marcantes da sua carreira como roteirista e imitador.

Em entrevista para o canal Lisa, Leve e Solta no Youtube, João Kléber foi questionado se já teve alguma experiência homossexual em sua vida e causou polêmica com sua resposta.

+Paolla Oliveira recebe homenagem da Globo por destaque em A Dona do Pedaço e desperta inveja em colegas

+Patricia Abravanel recebe resposta atravessada de Lívia Andrade após declaração polêmica de sexo no casamento e vira piada

+Mara Maravilha se despede do Fofocalizando e Lívia Andrade tem reação inusitada ao vivo: “Não é possível”

“Não, nunca, nem garoto e nem troca, troca. Todo mundo tem seu lado homossexual, o meu é de ser lésbica”, disparou João Kléber, na lata.

João Kléber ainda comentou sobre as dúvidas que as pessoas tinham sobre a sua orientação sexual. “Falam de tanta gente. Começaram a falar depois que eu fiz a Charlotte. Esse é o lado preconceituoso das pessoas, uma bobagem. A Charlotte foi uma quebra de tabu”, garantiu ele.

Para quem não lembra, Charlotte Pink, criação de João Kléber, foi um de seus personagens de maior sucesso no extinto programa ‘Te Vi na Tv’ que era exibido todas as segundas-feiras na RedeTV! no ano de 1999. Charlotte Pink era uma drag queen de cabelos cor de rosa que entrevistava celebridades e tomou destaque na televisão com suas roupas espalhafatosas e muito bom humor.

Vale dizer que recentemente, em uma entrevista para o canal de Marcelo Bonfá no Youtube, o apresentador de TV João Kleber relembrou sua história de vida e contou em detalhes todos os perrengues que precisou passar.

O artista então revelou que quando tinha apenas 17 anos de vida, acabou se tornando um morador de rua e recebeu a ajuda de Helô Pinheiro para dar um rumo a sua história.

Aos 17 anos, o artista conseguiu um emprego na Rede Globo, seu primeiro emprego na televisão, e precisou sair de São Paulo e mudar-se para o Rio de Janeiro.

Sem ter com quem contar, o roteirista acabou dormindo pelas ruas da capital carioca até que recebeu a ajuda da mãe de Ticiane Pinheiro. Ele contou que estava tentando um emprego como roteirista de humor e sem ter onde dormir, acabou passando noites na praia.

Foi nesse momento triste de sua vida que João Kléber conheceu Helô Pinheiro, a primeira pessoa a lhe estender a mão. Segundo o apresentador, a eterna Garota de Ipanema virou uma grande amiga. Ela morava em Ipanema e seu irmão estava viajando. Helô então cedeu o quarto vago para João Kléber, que afirmou que a família da famosa sempre foi muito carinhosa com ele.

João Kléber finalmente conseguiu o emprego como roteirista de humor na Rede Globo e conseguiu estabilizar-se financeiramente. Saiu da casa de Helô Pinheiro, onde morava de favor, e conseguiu alugar um local para morar.

Hoje em dia, o apresentador afirma que gosta de investir em imóveis porque já sentiu na pele o que é não ter nenhum lugar nem para dormir.

 

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Raquel Souza