Globo

Jornal Nacional bate recorde e explode com milhões de brasileiros vendo bomba contra a Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos no Jornal Nacional - Foto: Reprodução
William Bonner e Renata Vasconcellos no Jornal Nacional – Foto: Reprodução

Maior telejornal do Brasil, o Jornal Nacional foi alvo de um discurso bomba do ex-presidente Lula contra a Globo e bateu recorde anual

Foi ao ar na última quarta-feira (10) uma edição histórica do Jornal Nacional, com um acontecimento político que divide opiniões. Trata-se do discurso político do ex-presidente Lula, que teve todas as suas condenações pela Lava-Jato anuladas pelo ministro do STF, Edson Fachin, que determinou que os casos devem ser julgados em Brasília.

Durante esse discurso, Lula disparou contra vários alvos, e um deles foi justamente a Globo, chamando a emissora de mentirosa. “Fiquei muito feliz porque depois da divulgação de tanta mentira contra mim, ontem acho que nós tivemos um Jornal Nacional épico […] Pela primeira vez a verdade prevaleceu”, disparou ele.

Emissora se defende e humilha

A emissora rebateu as acusações em nota, afirmando que a verdade não deve vir quando convém a Lula. “O ex-presidente está errado. O jornalismo da Globo se dedica a relatar os fatos e buscar a verdade, e vai continuar a fazê-lo. Mas não somente os fatos e as verdades que lhe sejam favoráveis”, diz o comunicado da emissora carioca.

Lula aparece em segundo lugar nas intenções de votos na pesquisa eleitoral (Foto: Reprodução)
O ex presidente Lula (Foto: Reprodução)

A edição bomba do Jornal Nacional que mostrou o discurso de Lula surpreendeu e foi muito bem no Ibope, com milhões de brasileiros assistindo ao ex-presidente detonando a Globo. O JN registrou 32 pontos de média em São Paulo, batendo o recorde anual e registrando a maior audiência desde outubro de 2020.

 

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.