Celebridades

CelebridadesGlobo

Jornalista da Globo é agredida por segurança de Jair Bolsonaro, tem equipamento quebrado e o pior acontece: ‘mata’

Jornalista viveu momentos de tensão (Foto: reprodução)
Jornalista viveu momentos de tensão (Foto: reprodução)

Seguranças do presidente foram para cima de jornalista após ordem

Uma equipe da TV Bahia, afiliada da Globo, foi escala recentemente para cobrir a visita do presidente Jair Bolsonaro na cidade de Itamaraju neste domingo, 12 de Dezembro. O que ninguém esperava era que a visita fosse acabar em pancadaria e uma repórter da emissora além de ser agredida teve seus equipamentos quebrados pelos seguranças da autoridade.

De acordo com a Globo News, assim que o helicóptero pousou os seguranças formaram uma paredão para impedir a imprensa de se aproximar de Jair Bolsonaro. Camila Marinho que foi a repórter escalada para cobrir a visita foi segurada por um dos homens pelo antebraço, numa espécie de ‘mata leão’, teve a espuma de seu microfone rasgada e uma pochete foi furtada por um apoiador do presidente.

+ Repórter da Band é atacado durante entrevista, fica sem proteção e gera revolta na TV 

Em entrevista ao site ‘Bocão News’ a jornalista disse estar bem após o ocorrido. A TV Globo repudiou os atos de violência contra a imprensa e em nota disse: “A TV Globo afirma que as agressões deste domingo mostram que já passou da hora de a Procuradoria-Geral da República dar o seu parecer na ação que corre no Supremo, tendo como relator o ministro Dias Toffoli. A imprensa cumpre um direito inscrito na Constituição e deve ter a sua segurança garantida.”

“As cenas bárbaras de hoje e aquelas ocorridas na Itália, no dia 31 de outubro, ensejam duas constatações: se os seguranças agem por conta própria, a Presidência deve ser responsabilizada por omissão. Se agem seguindo ordens superiores, a Presidência deve ser responsabilizada por atentar contra a liberdade de imprensa e fomentar a violência contra jornalistas.”

Veja também

Outro trecho da nota ressaltou: “Além disso, é escandalosa a atitude da Presidência de deixar jornalistas à própria sorte, em meio a apoiadores fanáticos, que são insuflados quase diariamente pelo próprio presidente em sua retórica contra o trabalho da imprensa.”

“Frente aos evidentes e graves riscos enfrentados por repórteres de todos os veículos, é urgente que o Judiciário se pronuncie. A Globo repudia as agressões aos repórteres Camila Marinho e Cleriston Santana, da TV Bahia, e aos repórteres Xico Lopes e Dário Cerqueira, da TV Aratu, e se solidariza com eles”.

Globo (Foto: Reprodução)
Jornalista da Globo foi agredida por seguranças do presidente  (Foto: Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários