TV Foco

TV Foco

Jornalista morre após ser atingido por pedra de vulcão na Guatemala

O jornalista Anibal Archila, da emissora de TV Noti7, da Guatemala, morreu ao ser atingido na cabeça por uma pedra lançada pelo vulcão Pacaya, enquanto realizava a cobertura da erupção. Outros dois cinegrafistas que acompanhavam o repórter conseguiram escapar da chuva de pedras, porém sofreram ferimentos leves.

O vulcão Pacaya entrou em erupção na noite da última quinta-feira (27), e deixou 20 pessoas feridas após lançar cinzas, areia e pedras pelas regiões central e sul da Guatemala. Segundo as agências Reuters e France Press e Efe , o governos do pais decretou estado de calamidade pública nos estados de Escuintla e Guatemala.

O secretário de Comunicação da Presidência, Ronaldo Robles, afirmou que a medida serve para que as equipes de socorro e autoridades possam retirar pessoas dos locais de risco, mesmo contra sua vontade. Robles declarou, também, que o governo mantêm vigilância constante das atividades do vulcão e das chuvas que acontecem no país, que podem trazer mais perigo à sociedade.

Veja também

A erupção do Pacaya deixou entre 1.600 a 2 mil pessoas desabrigadas, segundo as autoridades. Três crianças estão desaparecidas. O lançamento de pedras e cinzas pelo vulcão chegou a atingir um raio de mais de 100 quilômetros.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários