Celebridades

CelebridadesRecord

Jurado do “Dancing Brasil” se irrita com plateia e Xuxa Meneghel: “Esse programa também só é bom porque estamos aqui”

Xuxa e jurado do “Dancing Brasil” (Foto: Reprodução)
Xuxa e jurado do “Dancing Brasil” (Foto: Reprodução)

Jayme Arôxa, jurado do “Dancing Brasil”, ficou irritado com as vaias da plateia e as caras e bocas de Xuxa Meneghel em um comentário dele sobre a perfomance de Suzana Alves na semifinal do “Dancing Brasil” levada ao ar nesta segunda-feira (18).

Após receber as vaias da plateia, Jayme Arôxa disparou: “Estou aqui para fazer meu trabalho, não para ficar batendo palmas para todo mundo”, disse ele, que emendou: “Esse programa aqui só é bom porque nós estamos aqui também”, disse ele em tom incomodado.

Vale dizer que na semifinal todos os componentes, inclusive, Suzana Alves tiveram que se apresentar duas vezes. Jayme disse que ela deveria ter utilizado mais o palco e esse foi o motivo das vaias da plateia. No momento das notas, ele deu 8, enquanto Paulo Gulart Filho e Fernanda Chamma deram 10, o que também repercutiu na web.

Veja também

É importante ressaltar ainda que o clima entre Xuxa e Jayme não é dos melhores. Na semana passada, noticiamos aqui no TV Foco que a apresentadora ironizou as falas do jurado e chegou a mandá-lo “ir dormir”. Tudo aconteceu quando Jayme foi falar da performance de Yudi Tamashiro, que dançou valsa ao som de música de Pixinguinha: “Eu queria ser transferido para outra época. A coreografia achei moderna demais para essa música”, explicou ele.

“Não me encantou 100%. Não me emocionou 100%”, continuou o jurado, cuja opinião não foi aceita pela plateia. Todos o vaiaram por causa do seu critério de julgamento e, na sequência, a apresentadora também se voltou contra ele e polemizou.

“Jaime, acho que você tem que ir dormir e acordar de novo. Você não está bem!”, disparou ela, que foi aplaudida. “Não. A gente está na reta final. Ele é maravilhoso, mas não é um truque de lenço que vai mexer com a minha emoção”, rebateu Jaime.

VEJA ALGUNS DOS COMENTÁRIOS DESSA SEMANA QUANDO JAYME FOI VAIADO

#DancingBrasil adoro esses jurados, nao puxam saco de ninguém, super profissionais.

BRIGAS NO DANCING BRASIL

O “Dancing Brasil” da noite desta segunda-feira (4) mostrou a volta das beldades Carla Prata e Aline Rosa na competição. Elas se lesionaram e acabaram ficando de fora por uma semana da competição.

Apesar do esforço, Aline Rosa ganhou as piores notas e acabou eliminada pelo público ao ir parar na zona de risco com outros nomes como o de Milene Domingues, que praticamente todas as semanas acaba no final da tabela.

+Frieza da alta direção da Record chama a atenção até mesmo de funcionários

O fato é que Aline foi eliminada, mas logo depois da apresentação, os jurados não pegaram leve. Disseram que a cantora regrediu, talvez por conta da semana que ficou fora e a pontuação acabou em 20 pontos apenas. Sobrou até climão no momento em que a jurada Fernanda Chamma ressaltou que Aline e o coreógrafo Ygor pouco se olharam durante a dança. “Aconteceu alguma coisa?”, questionou Xuxa. “Aconteceu”, afirmou Aline sem entrar em detalhes. A cantora em outro momento, no qual precisou defender a permanência dela, chegou a afirmar que havia chorado o dia todo.

Pelo que o TV Foco apurou, um suposto desentendimento entre a cantora e o coreógrafo teria ocorrido nos bastidores da atração. Ao que parece os dois não estavam se entendendo sobre os ensaios e os passos que Ygor vinha pedindo para Aline fazer. Com a saída de Aline, Milene Domingues, que disputava a zona de risco com nomes como Lexa, Carla Prata e Jaque, seguiu na competição. Por sinal, internautas detonaram o fato da loira seguir no programa mesmo sendo considerada tão ruim. Xiii.

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários