TV Foco

CelebridadesTV Foco

Karol Conka faz declaração inusitada durante Parada Gay: “Eu tô toda lambida”

Karol Conka (Foto: Camila Piccolo)
Karol Conka (Foto: Camila Piccolo)
Karol Conká cantará a abertura da novela (Foto: Divulgação)

A Parada Gay acontece hoje, 23, em São Paulo. O grande evento voltado ao público LGBTI+ busca chamar atenção em busca de igualdade, respeito e menos violência, e contou com a presença de diversos famosos como Fernanda Lima, e Karol Conka, que deu uma declaração que chamou atenção durante o evento.

Em cima do trio elétrico, onde fazia seu show, a cantora se animou junto ao público, cantou seus maiores sucessos, dançou e brincou. “Estou toda lambida,vocês todos estão me lambendo”, disse Karol Conka, animada, brincando com seu público.

+Flavia Alessandra e Otaviano Costa marcam presença em evento inédito após rumores de separação e verdade é revelada

+Juju Salimeni revela doença grave que colocou fim ao seu casamento e preocupa com desabafo

+Xuxa e Eliana negam rivalidade, revelam grande desejo juntas e surpreendem: “Sem os maridos”

Veja também

Além de Karol Conka, cantoras como Iza e Gloria Groove, que são importantes artistas do meio LGBTI+ marcaram presença no evento e cantaram nos trios elétricos. Pabllo Vittar, tido como uma das atrações principais na Parada Gay de 2018, não compareceu ao evento esse ano por estar realizando shows nas paradas em diversos países.

Karol Conka para Agencia O Globo. (Foto: Reprodução/Monica Imbuzeiro)

Além de Karol Conka e outras cantoras, artistas como Maria Casadevall, Fernanda Lima, Thammy Miranda, Bruna Linzmayer e Luiza Sonza também compareceram ao evento dedicado as causas LGBTI+, e publicaram diversos textos e reflexões sobre o evento, dedicado aos “50 anos de Stonewall”, conflito que ocorreu em 1969 em um bar nos Estados Unidos e que deu início a resistência ao preconceito e a violência sofrida pelo grupo.

Karol Conka, Luiza Sonza e Fernanda Lima não deixaram de escrever mensagens em suas redes sociais, a apresentadora, inclusive, é madrinha da parada este ano,  e aproveitou para mencionar um pouco da história do tema deste ano.  “Quando a polícia decidiu realizar mais uma de suas violentas invasões no Stonewall Inn, um bar queer de Nova York em 1969, não esperava que o público se revoltaria. Liderado por uma mulher transgenere negra, chamada Marsha P. Johnson, a revolta daria início a um dos marcos na luta pelos direitos LGBTs no mundo. Foi esta madrugada, em 28 de junho de 1969, que possibilitou que tantas pessoas pudessem se reunir hoje, 50 anos depois, e fazer a Parada do Orgulho LGBTQ+ de São Paulo”, escreveu a apresentadora.

+Bruna Marquezine tem intimidade exposta, briga com fã, fica furiosa e divide opiniões

“A parada deste ano faz um homenagem a Rebelião de Stonewall. Muitas coisas mudaram desde aquela época, mas a luta contra o preconceito continua e nós vamos não vamos parar, até que a mudança de fato aconteça.”, finalizou.

Karol Conka também prestou sua homenagem nas redes sociais. “Amanhã eu tenho a honra de subir no trio da @uber_br na Parada LGBT de São Paulo com todas essas pessoas maravilhosas! 🌈💖 Sempre muito especial cantar o amor! Seguimos na luta pelo respeito a todas as formas de amar”, escreveu a cantora.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários