Celebridades

Lacombe, quatro dias após estreia, perde controle, quebra protocolo contra apresentadora e é terrivelmente massacrado

Ernesto Luís Lacombe (Foto: Divulgação)
Ernesto Luís Lacombe (Foto: Divulgação)

Lacombe tem dado o que falar em novo programa na RedeTV!

Ernesto Luís Lacombe estreou na última segunda- feira, 28 de setembro, o seu novo programa na RedeTV! o Opinião no Ar. Com menos de uma semana no ar, a atração já está repleta de polêmicas e tem dividido o gosto do público.

Isso porque, a forma como Amanda Klein, comentarista fixa da atração, tem sido tratada durante o programa pelos demais homens da atração, tem gerado desconforto nos telespectadores.

+Genro de Silvio Santos denuncia ator da Globo em público, convoca Polícia Federal e até Ratinho se envolve: “Doentes”

Nesta quinta- feira, 01 de outubro, Lacombe voltou a receber uma enxurrada de críticas por voltar a interromper Amanda Klein. Desta vez, o apresentador trouxe à tona um debate sobre a aposentadoria do ministro Celso de Mello e a nomeação de um novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

O programa contou com uma participação especial da advogada e analista política Fabiana Barroso e  Amanda Klein e Silvio Navarro fecharam o time de comentaristas.

Foi aí que em determinado momento, Ernesto Luís Lacombe revelou ser totalmente contrário ao sistema de cotas raciais e ganhou o apoio da advogada Fabiana Barroso.

+Christina Rocha, após fotos de fio dental, surge agarrada com Celso Portiolli e entrega intimidade: “Passado”

“Essa coisa de cota nos atrapalha, nos divide. O povo brasileiro é um só… Chega de cotas!”, disparou a advogada. Amanda Klein então rebateu: “É uma tentativa de reparar injustiça e desigualdades sociais…”, iniciou ela, que foi interrompida. “Não tem justiça!”, disse. “Não? Você acha que não tem justiça social?”, questionou Amanda Klein, que acabou sendo acuada por Lacombe ao vivo: “Você sempre vai ter desigualdade social… Desde que você tem um nível de vida alto, ótimo”.

Amanda Klein (Foto: Divulgação)

Comentarista não se abalou e continuou seu pensamento

Sem se abalar, Amanda Klein continuou: “É só olhar pros dados, taxas e índices que há desigualdade imensa em toda estrutura de poder e socioeconômicas com maior representatividade feminina. A gente pode olhar todas as pesquisas, a desigualdade salarial, em condições de comando, tanto social/econômica”, disse. “As cotas são uma tentativa de reparar essa desigualdade, essa injustiça que existe”, concluiu a jornalista.

+Claudete Troiano sofre rasteira na RedeTV!, novo programa é suspenso às vésperas de estreia e situação preocupa

Nas redes sociais, o público se mostrou revoltado, já que a interrupção contra Amanda Klein continua acontecendo. “Machista”, detonou um. “Macho escroto”, disse outro. “Que coisa terrível”, comentou mais um. “Isso já tá chato”, disse outro”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Raquel Souza