economia

economia

Léo Picon alega ter recebido Pix de R$ 1,5 milhão de Jade; é possível?

Léo Picon alega ter recebido Pix de R$ 1,5 milhão de Jade; é possível?Reprodução/Instagram

Na última quinta-feira (13), o influenciador digital Léo Picon afirmou em entrevista para um canal do YouTube que recebeu um Pix no valor de R$ 1,5 milhão da irmã, a também influenciadora Jade Picon. Ele teria descoberto a transferência após voltar de uma viagem de Fernando de Noronha (PE). O presente teria acompanhado a mensagem: “Léo, eu te amo”.

Vale lembrar que a quantia é a mesma ofertada ao vencedor do Big Brother Brasil, programa para o qual Jade está cotada.

Mas será que é realmente possível fazer uma transferência de um valor tão alto como esse de uma só vez? O iG perguntou ao Banco Central, responsável pelo sistema de pagamentos instantâneos.

“No Pix não existem limites máximos de valores. Cabe a cada instituição definir os limites conforme o perfil dos clientes, baseado nas regras e parâmetros definidos pelo Banco Central na Instrução Normativa BCB nº 196“, afirmou a instituição. “Ou seja, se o valor de R$ 1,5 milhão estiver compatível ao perfil do cliente, ele conseguirá fazer a transação via Pix”, continuou.

Entretanto, à noite, entre às 20hrs e às 6hrs, o Pix tem limite de R$ 1 mil para transações entre pessoas físicas. Mas esse valor pode ser alterado, a pedido do cliente.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários