Leonardo

Leonardo

Leonardo faz promessa em público, fica sem saída e é obrigado a cumprir o que disse; veja o que ele fez

Leonardo tem pior notícia, após guerra com Eduardo Costa (Foto: Reprodução/TV Globo)
Leonardo é casado com Poliana Rocha (Foto: Reprodução/TV Globo)

Leonardo não pensou duas vezes antes de cumprir sua palavra

Honrando sua palavra, Leonardo cumpriu uma promessa depois de ser imunizado com a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em Goiânia, Goiás. O fato é que o cantor cantou uma de suas canções com as técnicas e enfermeiras da unidade, após elas pedirem para o artista soltar o vozeirão.

Em vídeo publicado nas redes sociais nesta quinta-feira (23), as profissionais de saúde surgiram emocionadas ao lado do companheiro de Poliana Rocha, após ele cumprir o que havia prometido. Vale destacar que Leonardo se vacinou na segunda-feira (20), mas a gravação só foi divulgada nesta quinta.

No fim do último ano, época em que a pandemia vivia seu auge, o pai de Zé Felipe, a esposa e a sogra foram diagnosticados com o novo coronavírus e se isolaram em São Paulo por alguns dias, até conseguirem se recuperar da enfermidade.

Por ter hipertensão, o músico de 57 anos entrou na lista das pessoas com comorbidades, e por conta disso teve prioridades no programa de imunização. O sertanejo recebeu a primeira dose em maio de 2021, também na capital paulista.


SEM ESCOLHA

Após ser vacinado, Leonardo fez um desabafo e falou sobre as pessoas que querem escolher qual vacina vão tomar. Dessa forma, o cantor frisou que ninguém deve escolher a marca da vacina que vai ser aplicada, e sim tomar a que estiver disponível.

“Você tem que se prevenir para não passar isso para frente. Às vezes, você pode estar com o coronavírus e passa para o seu filho, sua mãe. Eu fiquei quase dois anos sem ir na casa da minha mãe por medo de passar [a doença para ela]”, disse ele.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários