Celebridades

Longe das novelas, Claudia Jimenez estrela peça de Miguel Falabella

Claudia Jimenez e Miguel Falabella vão repetir parceria  (Foto: Divulgação)
Claudia Jimenez e Miguel Falabella vão repetir parceria (Foto: Divulgação)

Mesmo estando longe das novelas desde Haja Coração, a atriz Claudia Jimenez continua sendo destaque fora da televisão. Em 2018, por exemplo, ela virá com força total e estreará no teatro em pela de seu velho parceiro, Miguel Falabella.

Trata-se de um texto inédito do autor. A exemplo da maioria dos papéis de Claudia, a sua personagem terá um forte teor cômico. “Em 2018 volto com tudo ao teatro. Miguel me liga e me conta cada dez páginas que ele escreve. Vai ser uma comédia maravilhosa”, disse ela ao jornalista Bruno Astuto.

+”Sou uma mãe apaixonada e preocupada”, conta Ingrid Guimarães

Além da peça, Claudia também estará na versão para os cinemas da famosa série Sai de Baixo como a empregada Edileusa.

CLAUDIA VIU FAMA VOLTAR COM REPRISE DO SAI DE BAIXO

A atriz Cláudia Jimenez já dá expediente na Globo há muito tempo e participou de diversos programas e novelas de sucesso. Ela estreou na TV em 1989.

Desde que iniciou sua carreira em “Malu Mulher” ela não parou mais, foi um projeto atrás do outro. A atriz é praticamente pós graduada em humor.

Esteve no elenco de “Chico Anysio Show”, “Os Trapalhões”, Viva o Gordo”, “Escolinha do Professor Raimundo” e o principal, o “Sai de Baixo”.

O programa foi reprisado na Globo e Cláudia viu sua fama subir rapidamente entre o público infantil. As crianças estão parando ela na rua para falar de Edileuza, sua personagem.

O “Sai de Baixo” é um programa de humor que mostra a vida de uma família falida. Era exibido nas noites de domingo, após o “Fantástico”, na Globo no final dos anos 90.

Miguel Falabella, Aracy Balabanian, Claudia Rodrigues, Tom Cavalcante, Luis Gustavo e Marisa Orth também fizeram parte do elenco.

As informações são da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.

Barracos, traição e muita fofoca ao vivo no canal do TV FOCO no YOUTUBE. INSCREVA-SE

Sobre o autor

Fernando Lopes

Escreve sobre televisão desde 2013.