Celebridades

Luisa Mell é ameaçada de morte, aparece desesperada e desabafa

A apresentadora e ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução/Instagram)
A apresentadora e ativista Luisa Mell (Foto: Reprodução/Instagram)

Na semana passada, a ativista e ex-apresentadora Luisa Mell fez um resgate astronômico de mais de 1000 cachorros, que estavam aprisionados em condições alarmantes no Canil Céu Azul e seriam destinados à venda em pet shops e outros centros comerciais.

+ Participantes do BBB 18, Patrícia Leitte e Paula Carolina perdem a linha, brigam feio e mostram o que falta ao BBB19

O Instituto Luisa Mell tratou de arranjar rapidamente três abrigos para tratar os cães e mantê-los temporariamente, até que sejam destinados a lares amorosos, sem vínculos comerciais. A ação refletiu em um resultado importante e até mesmo histórico. A PETZ, a maior rede de pet shops do Brasil, e uma das clientes do canil em voga, anunciou que irá suspender a venda de filhotes em suas lojas.

+ Reviravolta em caso de José Loreto e Marina Ruy Barbosa, grave acidente de ator da Globo e volta de famosa dupla diz sensitiva

As ações de Luisa Mell parecem ter irritado profundamente os criadores de cachorros. Em vídeo postado no Instagram, na noite desta terça-feira, (19), a ativista afirma que tentaram invadir o centro de triagem em que os cães eram separados para serem destinados a seus lares, e ainda teria recebido ameaças de morte. A ativista precisou ser escoltada até sua casa pela Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Bruna Marquezine ironiza caso de Marina Ruy Barbosa e noivo de Thaila Ayala solta o verbo sobre atriz

“Quando eu falo que esse tipo de criador é bandido é porque é. Olha, gente, tive que ir embora escoltada porque fui ameaçada de morte”, relatou Luisa Mell pelo Stories do Instagram. Na manhã desta quarta-feira, 20, a ativista ainda afirma que os criadores teriam colocado fogo na porta do centro de triagem do Instituto Luisa Mell.

LUÍSA MELL FAZ APELO DESESPERADOR APÓS RESGATE DE CACHORROS: CENAS FORTES SÃO DIVULGADAS 

Luísa Mell Reprodução/Instagram

A ativista, Luísa Mell, que faz diversos resgates em canis clandestinos, recebeu uma ligação do Coronel da Polícia Ambiental na noite da última quarta-feira(13), pedindo sua ajuda para salvar mais de 1.500 cães que viviam em condições precárias em um desses locais de criação.

+Após separação e traição, José Loreto e Marina Ruy Barbosa tem séria conversa a portas fechadas na Globo

No instagram, Luísa Mell faz apelo desesperador ao mostrar em seus stories um lugar que maltratava 1500 animais. Luísa recebeu o apelo quando estava na festa de 4 anos do filho, nos vídeos ela diz que não conseguiria mais resgatar animais por estar lotada e não conseguir arcar com todos os gastos, mas ao ver a situação dos animais teve que agir. Além disso, a ex-apresentadora pediu a ajuda dos internautas para conseguir lidar com a situação.

+BBB19: Após visita ao quarto do líder, Hariany dispara: “Eu ouvi muita coisa”

+Ator de Verão 90, Jesuita Barbosa surge aos beijos com ator da Globo em cena; confira imagens

“No meio da festa do Enzo, recebi uma ligação: ‘Alô Luisa? Aqui é o Coronel da Polícia Ambiental! Fizemos uma apreensão em um canil… São 1.500 animais precisando de resgate! Você pode ajudar?’ Entrei em pânico… MIL e quinhentos cachorros de uma vez? Meu abrigo está lotado… Minha equipe foi para o local imediatamente… quando me mandaram as imagens de cães vivendo em gaiolas, percebi que não tinha escolha! Estamos aqui realizando o maior resgate já feito pelo Instituto e qualquer outra ONG que temos notícia. Alugamos dois galpões para este momento de emergência!”, declarou ela.

Veja o vídeo:

Gosta das notícias publicadas por Nayara Bolognesi? Siga ela no Instagram: clicando aqui.

 

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Nayara Bolognesi