Celebridades

Celebridades

Luisa Mell pede na Justiça prisão provisória do ex-marido: “Foi necessário”

"Só penso em morrer", Luisa Mell vai aos prantos após cirurgia forçada e expõe agressão: "Queimou meu pescoço"
Luisa Mell e Gilberto Zaborowsky estão separados (Reprodução)

Luisa Mell quer a prisão provisória do seu ex-marido

A ativista Luisa Mell acabou entrando com um pedido de prisão provisória contra o ex-marido, Gilberto Zaborowsky. Ela, vale dizer, tem uma medida protetiva contra o ex, que não pode se aproximar de menos de 500 metros dela, o acusando de abuso psicológico e ameaças.

O advogado da apresentadora Angelo Carbone, que protocolou o pedido na tarde de segunda (11), disse ao NaTelinha que a sua cliente continua recebendo ameaças de Gilberto.

“Depois que o juiz deferiu a liminar em parte determinando, dentre outros, que ele permaneça à distância de 500 metros e deixe de fazer qualquer tipo de contato ou fala, ele continua a pressionar, a colocar temor e ameaçá-la e por esse motivo foi  necessário requerer a prisão provisória para até que ele use tornozeleira eletrônica e pare de tirar a paz dela e do filho”, disse ele.

A PETIÇÃO

Na petição, o advogado alega que Luisa Mell está recebendo ligações sem identificação com ameaças afirmando que “ela não perde por esperar” e que existem testemunhas que presenciaram as agressões verbais de Gilberto contra a ex.

Em documento protocolado, Carbone afirmou ainda que a apresentadora teme que Gilberto venha a agredi-la fisicamente ou “até matá-la”. Ele fala ainda que ele ameaça sumir do Brasil com o filho do casal.

Veja também

“Teme-se uma agressão física, uma tentativa de homicídio ou um feminicídio, a vítima está desesperada, chora o dia inteiro, tem medo por ela e pelo filho”, diz o advogado em um trecho da nota.

Luisa Mell decidiu se pronunciar sobre acidente envolvendo jovem (Foto: Reprodução)
Luisa Mell pediu prisão do ex-marido (Foto: Reprodução)

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários