Notícias do Mundo

Lula escreve carta de ódio a Bolsonaro, chama presidente de ameaça ao planeta e estraçalha: “Genocídio”

Lula massacra Bolsonaro em carta de ódio (Foto: Reprodução)
Lula massacra Bolsonaro em carta de ódio (Foto: Reprodução)

Lula declarou que infelizmente o Brasil é considerado uma ameaça global pela circulação da Covid-19, e apontou Bolsonaro como o grande responsável por isso

Depois da anulação da condenação de Lula no caso do tríplex de Guarujá, o ex-presidente voltou a ser um forte adversário de Bolsonaro nas eleições de 2022. Determinado a assumir o comando do Brasil, o fundador do Partido dos Trabalhadores tem criticado a atual do país de forma inigualável.

Na quarta-feira, 07, por exemplo, o candidato a presidência divulgou uma carta onde massacra o concorrente e chega a lhe considerar uma grande ameaça ao planeta pela forma que vem combatendo a pandemia da Covid-19, que vive o pior cenário em todo o país.

“Infelizmente, nosso país é considerado hoje uma ameaça global, pela circulação descontrolada do vírus e o surgimento de novas mutações. É preciso que se diga que essa ameaça ao planeta tem nome e sobrenome: Jair Bolsonaro, um presidente da República que nega sistematicamente a ciência e que faz pouco caso do sofrimento do povo que jurou defender”, escreveu Lula.

No comunicado que aparentemente é destinado a Bolsonaro, o petista também fala sobre o posicionamento do atual governante contra a quebra de patentes de vacinas.

“Numa decisão indefensável e irresponsável, o governo Bolsonaro se posicionou contra a quebra das patentes das vacinas, que contribuiria de forma significativa para o enfrentamento à Covid-19”, declarou.

Segundo o ex-sindicalista, o presidente defende a comercialização privada das vacinas ao invés de defender os imunizantes como um bem público para a humanidade.

“Hoje, Dia Mundial da Saúde, é dia de luta contra o genocídio. Contra o negacionismo de um governo que trata a maior crise sanitária da nossa história como uma gripezinha, e que diz ‘E daí?’ para os nossos mortos”, destacou Lula.

“O mesmo governo que, ainda em 2020, no início da pandemia, deixou de contratar até 700 milhões de doses de vacina que lhe foram oferecidas. Uma irresponsabilidade criminosa que já custou e seguirá custando vidas e mais vidas”, finalizou o principal concorrente de Bolsonaro nas eleições de 2022.

Lula e Bolsonaro são os principais nomes nas eleições de 2022 (Foto: Montagem/TV Foco)
Lula e Bolsonaro são os principais nomes nas eleições de 2022 (Foto: Montagem/TV Foco)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Kelves Araújo

Kelves Araújo, cearense, é redator do TV Foco desde 2019, responsável por cobrir o mundo das celebridades internacionais no site.