Celebridades

Celebridades

Luto! Âncora do Jornal da Globo morre após intensa luta contra um câncer no pâncreas

Atriz da Globo pulou de prédio e cometeu suicídio - Reprodução
Atriz da Globo pulou de prédio e cometeu suicídio – Reprodução

Jornalista passou pelas principais emissoras de TV no Brasil

Em julho do ano de 2016, morreu aos 75 anos, o jornalista Eliakim Araújo. O famoso passou um período internado em um hospital de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, para o tratamento de um câncer no pâncreas. A doença foi diagnosticada há cerca de um mês e o jornalista chegou a se submeter a um tratamento de quimioterapia, porém, ele não resistiu.

Natural de Guaxupé, em Minas Gerais, Eliakim Araújo ingressou na área jornalística aos 20 anos de idade, na rádio quando ainda era estudante de direito. Foi na Rádio Continental que ele anunciou a renúncia de Jânio Quadros à presidência, em 1961. Ao todo, ele passou quase duas décadas na Rádio Jornal do Brasil.

Eliakim Araújo iniciou na TV em 1983, quando se uniu à equipe de jornalismo da Globo. No canal carioca, ele conheceu a esposa, a também jornalista Leila Cordeiro. Eliakim assumiu a bancada do Jornal da Globo, em 1983. No ano de 1986, os dois passaram a apresentar juntos o telejornal, formando o primeiro casal de apresentadores da TV brasileira.

Ainda na Globo, ele fez reportagens, apresentou o programa Globo Repórter, comandou os desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro e cobriu a eleição de Tancredo Neves.

Juntos, Eliakim Araújo e Leila Cordeiro acabaram seguindo para a extinta Rede Manchete, em 1989. Eles ancoraram o principal jornal do canal. Já em 1992, em São Paulo, junto com a esposa ele apresentou telejornais do SBT como o Aqui Agora e o Jornal do SBT.

Veja também

SAÍDA DO BRASIL

O casal se mudou para os Estados Unidos em 1997 para atuar como âncoras do canal CBS Telenotícias em português. O projeto durou 3 anos e os jornalistas decidiram continuar morando no país.

Por três anos ele também apresentou o Câmera Record News, na Record. Na ocasião de sua morte, Eliakim Araújo morava em Fort Lauderdale, junto com a família e trabalhava com o jornalismo online.

Um período antes da sua morte, ele chegou a apresentar junto com Leila o programa Conexão América, exibido pela internet.

A morte de Eliakim Araújo foi amplamente divulgada (Foto: Reprodução/TV Globo)
Eliakim Araújo foi um grande jornalista brasileiro (Foto: Reprodução/TV Globo)

VÍDEO YOUTUBE: Treta! Marina Ruy Barbosa manda recado para Bruno Gagliasso: "Hipócrita"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários