Globo

Globo

Ator da Globo amputa as duas pernas, não resiste a nova realidade e se entrega a morte aos 66 anos

Morte de grande ator da Globo é confirmada - Reprodução
Morte de grande ator da Globo é confirmada – Reprodução

O ator deixou um legado na Globo e sua perda gerou uma comoção em todo o país

Uma verdadeira fábrica de talentos, a Globo sem dúvidas possui nomes aclamados no jornalismo, entretenimento e dramaturgia. Mas, infelizmente a emissora foi atingida com a perda irreparável de um famoso ator que marcou gerações.

Maurício do Valle, que fez muito sucessos entre os anos de 1970 e 1980, teve um final trágico. De acordo com o TV História, ele estreou na TV ainda nos anos 50, porém, realmente ganhou fama nos cinemas. Seus maiores trabalhos foram como Antônio das Mortes, no filme ‘Deus’, e também vivendo Diogo, em ‘Terra do Sol’.

Na Globo, o ator participou de novelas como ‘Meu Pedacinho de Chão’ (1971), ‘Cabocla’ (1979) e ‘Roque Santeiro (1986), folhetins que lhe renderam o reconhecimento merecido e o carinho do público.

Mas, atrás de tanto talento estava um lado obscuro que não findou da melhor forma. O ator da Globo lidava com uma série de problemas relacionados à diabete e cardíacos.

Diante as complicações, o ator foi internado em 1994. Na época, o famoso teve problemas vasculares e precisou amputar uma das pernas. Após isso, na madrugada do dia (07) de outubro de 1994, o astro precisou perder a outra perna.

MORTE E DESGOSTO

Apesar do cuidado, Maurício do Valle morreu no mesmo dia, aos 66 anos, visivelmente inconformado por perder os membros de seu corpo. Durante uma entrevista à revista Veja, o irmão do falecido disse que ele perdeu a vontade de viver desde que ouviu dos médicos a confirmação de que dependeria de uma cadeira de rodas para se locomover.

Maurício do Valle em Roque Santeiro - Foto: Reprodução
Maurício do Valle em Roque Santeiro – Foto: Reprodução

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários