Maju Coutinho

Maju Coutinho inicia guerra contra Globo, irrita diretores e leva punição por “choro é livre” no JH: “Demissão”

Maju Coutinho
Maju Coutinho no comando do Jornal Hoje (Foto: Reprodução)

Apresentadora do “Jornal Hoje” irrita diretores da Globo ao fazer comentário político ao vivo

Maju Coutinho chamou a atenção durante o “Jornal Hoje”, da Globo, ao sair em defesa das medidas de isolamento social mais rígidas para controlar o avanço da Covid-19.  Na ocasião, a apresentadora falou que o estado deveria fechar tudo e “o choro é livre”, pois é isso que os cientistas recomendam.

O problema é que a fala da apresentadora do “Jornal Hoje” não foi bem recebida pela Globo. Os diretores do departamento de Jornalismo a advertiram, além de cobrarem mais cautela dela ao realizar comentários ao vivo sem a autorização prévia do editor-chefe do jornal.

Os diretos da Globo também ordenaram que Maju Coutinho se desculpe publicamente por ter utilizado a expressão “o choro é livre” durante o jornal — o que foi feito na edição da última quinta-feira, 18. Segundo informações do TV O Pop, a emissora só decidiu agir, após a fala repercutir nas redes sociais, principalmente por conta de ataques de apoiadores de Jair Bolsonaro.

DEMISSÃO?

Maju Coutinho foi alertada a não se meter de novo em temas polêmicos sem ter falado antes com Cláudio Marques, editor-chefe do programa. A bronca foi somente um primeiro alerta, como a jornalista nunca se meteu em polêmicas, a Globo não achou necessário dar algum tipo de sanção, como uma eventual suspensão. Para os diretores, o comentário da Maju, apesar de relevante, serviu apenas para ressaltar a guerra entre a Globo e Jair Bolsonaro. Vale ressaltar que muito se fala sobre a demissão da âncora do “Jornal Hoje” para ocupar o lugar de Poliana Abritta no “Fantástico”.

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Giovana Mori