Celebridades

CelebridadesGloboMaju Coutinho

Maju Coutinho, após ser perseguida na Globo, manda recado ao vivo e surpreende: ‘Não quero mais’

Maju Coutinho (Foto (Reprodução)
Maju Coutinho (Reprodução)
Maju Coutinho (Reprodução)

Maju Coutinho foi convidada para o Em Pauta da Globo News e, ao final do programa, ela frisou que quer ser convidada para outras pautas que não apenas as raciais

Maju Coutinho, âncora do Jornal Hoje, noticioso vespertino da Globo, fez participação especial no programa Em Pauta, da Globo News, nessa quarta-feira, 3, para debater o racismo. A participação da jornalista e de outros profissionais negros da emissora, como Zileide Silva e Heraldo Pereira, entre outros, aconteceu após o canal ser alvo de críticas nas redes por trazer debatedores brancos para tratar a questão do racismo, o que soou incoerente.

Debates sobre racismo têm sido abordados com maior frequência nos telejornais nos últimos dias após o assassinato brutal de George Floyd, um homem negro, que foi asfixiado até a morte por um policial branco nos Estados Unidos. A cena ganhou repercussão internacional e gerou uma onde de protestos em diversos países, chamando atenção para o racismo estrutural na sociedade.

+Fofoca do Aaron Tura: Apresentador da Record mantém vida sigilosa com rapazes e luta por sigilo

Veja também

+Globo convoca jornalistas negros após ser massacrada na internet e pede desculpas: “Um erro”

Com isso, a Globo News se propôs a debater o assunto, mas, inicialmente, convocou debatedores brancos, o que gerou críticas no Twitter. Após a repercussão negativa, a emissora do canal fechado convidou profissionais negros para abordar a questão, sendo uma delas Maju Coutinho.

Já no final do Em Pauta, Maju Coutinho fez uma inserção que está sendo aclamada pelos internautas, no qual ela agradece pelo convite, mas ressalta que não quer mais ser convidada apenas para debater questões raciais.

“A gente fala sobre outras coisas e eu não quero mais ser chamada para entrevistas que fale só sobre a questão do negro. Temos muito mais a oferecer e é importante que se normalize a nossa presença falando de diversos assuntos”, afirmou a jornalista da Globo.

MAJU COUTINHO PERSEGUIDA NA GLOBO

A jornalista ganhou projeção nacional quando foi contratada pela Globo para ser a nova apresentadora do tempo do Jornal Nacional, noticioso comandado por William Bonner e Renata Vasconcellos. Após o sucesso na função, a comunicadora foi promovida em 2019 e alçada ao posto de âncora do Jornal Hoje, em substituição à Sandra Annenberg.

Um episódio polêmico, entretanto, estourou na imprensa quando foi noticiado que alguns profissionais da parte de produção do Jornal Hoje teriam tentado sabotar Maju Coutinho por não concordarem com a presença da jornalista no vespertino. A investida, felizmente, acabou não dando certo e a comunicadora se sobressaiu à perseguição interna.

RACISMO

O tópico racismo tem sido uma constante na vida de Maju. Tão logo a apresentadora ganhou maior notabilidade no Jornal Hoje, passou a ser alvo de ataques racistas. Em março deste ano, a Justiça de São Paulo condenou dois homens por racismo e injúria racial à contratada da emissora carioca.

+Homem engana atores da Globo, dá entrevista para Record fingindo ser famoso e acaba preso: “Fiquei gelado” 

Além disso, Maju Coutinho também passou a ser alvo de fake news, que precisaram ser desmentidas pela Globo. A mais recente foi uma suposta entrevista concedida pela jornalista a um veículo português, no qual ela teria defendido a destituição de Jair Bolsonaro do cargo – o fato foi negado pela emissora carioca.

A apresentadora da Globo, Maju Coutinho (Reprodução)
A apresentadora da Globo, Maju Coutinho (Reprodução)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários