Globo

Maju Coutinho quebra o silêncio após ocupar a bancada do Jornal Nacional: “É imensurável”

Maju Coutinho no comando do Jornal Nacional (Foto: Reprodução)
Maju Coutinho no comando do Jornal Nacional (Foto: Reprodução)

Maju Coutinho, a primeira mulher negra a assumir a bancada do Jornal Nacional como âncora em 50 anos de jornal, estreou nesse sábado(16) e teve grande repercussão por sua postura ao vivo. Além do pronunciamento sobre sua performance dos colegas Ricardo Bocardi e William Bonner, editor chefe do Jornal Nacional. Maria Julia Coutinho se pronunciou no instagram sobre sua estreia.

+ Marina Ruy Barbosa faz festa misteriosa, com pedido inusitado, José Loreto comparece sem Débora Nascimento e verdade vem à tona

Nesta terça-feira (19), três dias após estrear como apresentadora do mais tradicional telejornal do país, ela foi breve nas palavras.

“A intensidade do que vivi nos últimos dias é tão imensurável que por enquanto só me resta agradecer todo o acolhimento que recebi. Talvez, um dia, depois de digerir tudo isso, eu deixe um textão aqui”, disse ela.

Na web, espectadores assistiram atentos a estreia da jornalista e elogiaram o trabalho de Maju.

William Bonner elogiou a colega em postagem nas redes sociais. “Na estreia na bancada, Maria Júlia Coutinho foi Maju. Segurança, tranquilidade e o talento de sempre”. 

+ Com novela em baixa na Globo, Marina Ruy Barbosa entra em crise, se envolve como pivô de separação e entra em briga com atriz

Em entrevista para site de Patrícia Kogut, Maju contou como ficou sabendo da notícia.

Fiquei sabendo no dia em que o Ricardo Boechat morreu. Depois dessa notícia ruim, veio a ligação da chefia. Contei só para os mais próximos. Com a publicação da notícia, a repercussão foi incrível“, disse Maju.

Maju encontra Bonner pela segunda vez na história, a primeira no estúdio do "JN", no Rio Imagem: Reprodução/TV Globo
Maju Coutinho e William Bonner Imagem: Reprodução/TV Globo

Maju ainda revelou que não esperava que esse momento da sua carreira fosse chegar por agora. “Já tinham sinalizado que eu chegaria a esse lugar em algum momento, mas eu não esperava que seria este mês. Talvez no próximo semestre ou no ano que vem“, afirmou

+ Diretor de O Sétimo Guardião promove festa íntima, paga tudo e chama atores para a folia

Muitos sites destacaram o fato de Maju ser negra e a grande conquista que foi isso para uma mulher negra na televisão, Maju falou sobre isso: “Primeiro, li a notícia publicada de forma objetiva. Depois, começaram a replicar acrescentando o fator raça. Claro que isso é simbólico e muito importante, mas quero destacar que minha trajetória foi o que me permitiu chegar aqui, a chefia deixou isso claro. A Zileide Silva apresenta o ‘Jornal Hoje’; o Heraldo (Pereira) já fez o ‘JN’. Temos a Dulcinéia Novaes em Curitiba. Daqui para a frente, acredito que será algo tão comum que não precisarão falar da ‘primeira negra’. Ficará no passado. Sou muito otimista. Tenho fé de que isso vai mudar. Sei que é representativo, só espero que isso não seja repisado“.

Veja a publicação de Maju:

Gosta das notícias publicadas por Nayara Bolognesi? Siga ela no Instagram: clicando aqui.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Nayara Bolognesi