Maju Coutinho

Maju Coutinho quebra protocolo, se posiciona ao vivo na Globo e solta o verbo diante de polêmica: “Não é normal”

Maju foge do protocolo e dispara ao vivo sobre mortes
Maju foge do protocolo e dispara ao vivo sobre mortes após reportagem (Fotos: Reprodução)

Maju Coutinho não se segurou após reportagem sobre morte no Jornal Hoje e deu a sua opinião ao vivo sobre questão polêmica noticiada no programa

Maju Coutinho fugiu do protocolo e expôs sua opinião ao vivo durante a exibição do Jornal Hoje nessa segunda-feira (1). Após diversas reportagens relacionadas a protestos raciais nos Estados Unidos e às mortes de jovens brasileiros negros promovidas pela polícia, a apresentadora não se segurou, e no retorno da última reportagem, soltou o verbo e apoiou a luta das pessoas à frente dos protestos.

“Essa não é uma luta só de negros não, é de todos que acreditam que não é normal uma pessoa já imobilizada morrer, e um garoto de 14 anos morrer baleado em casa”, disse a apresentadora, antes de continuar o programa informando sobre respostas das autoridades a respeito da morte de dois mototaxistas pela Polícia Militar.

+ Após ser desligado da Globo, Zeca Camargo se revolta, mostra bandeira rasgada e dispara: “Quero de volta”

+ Pato toma medida drástica, surge ao lado de Rebeca com anúncio e público é calado: “Que Deus proteja”

PROTESTOS NOS ESTADOS UNIDOS

Os protestos nos Estados Unidos se iniciaram após o assassinato de George Floyd por policiais de Mineápolis, em Minesota. O caso foi a primeira referência citada por Maju Coutinho em seu comentário.Num vídeo que se tornou viral, um policial branco asfixia o rapaz negro com o joelho até a morte. George já estava deitado no chão e imobilizado quando isso aconteceu.

As imagens fortes, que foram acompanhadas das súplicas repetitivas de Floyd com os dizeres “I can’t breathe” (“Eu não consigo respirar”, na tradução para o português), revoltaram a população americana, que saiu às ruas para exigir o fim do preconceito e das mortes negras nos EUA. Vinte cidades determinaram toque de recolher diante das manifestações intensas nas ruas.

MORTES NO BRASIL E DESABAFO DE MAJU COUTINHO

O Brasil acompanhou o movimento americano, que viralizou nas redes sociais com o slogan “Black Lifes Metter” (“Vidas Negras Importam”), e também teve protestos em seu território. Embora mais tímidos nas ruas, o movimento tomou conta das redes sociais e teve como principal referência a morte de João Pedro, há cerca de duas semanas, sobre a qual Maju Coutinho já havia se posicionado na ocasião.

O menino de 14 anos foi baleado em casa pela polícia enquanto brincava, e foi a segunda referência do desabafo da apresentadora na edição do Jornal Hoje dessa segunda-feira.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Gabriela Rodrigues