TV Foco

Mamonas Assassinas e Caso Yoki: 3 cartas psicografadas reveladoras e arrasadoras

Mamonas Assassinas e Caso Yoki: 3 cartas psicografadas reveladoras e arrasadoras
Mamonas Assassinas e Caso Yoki: 3 cartas psicografadas reveladoras e arrasadoras

Integrante da banda Mamonas Assassinas, Carlos Matsunaga, do caso Yoki e o Leandro, da dupla com Leonardo, foram alguns dos famosos que deixaram cartas psicografadas e deram detalhes incríveis sobre o momento exato que morreram.

Mamonas Assassinas

Sérgio Reoli, integrante da Mamonas Assassinas
Sérgio Reoli, integrante da Mamonas Assassinas

O baterista da Mamonas Assassinas, Sérgio Reoli, foi um dos famosos que psicografou uma carta emocionante e deu detalhes do momento de sua morte. Em suas palavras, o rapaz diz que não quer apontar quem errou, mas que infelizmente o acidente aconteceu e é isso. Reoli contou também que todos estavam tranquilos quando entraram no avião. Mas ao fazer a passagem para o outro plano, ele e seus colegas de banda entraram em desespero, porém, é algo normal.

Caso Yoki

Caso Yoki
Caso Yoki

Saindo um pouco de Mamonas Assassinas… Marcos Matsunaga, herdeiro da Yoki Alimentos, foi brutalmente assassinado por sua companheira, Elize Matsunaga. Tempos depois do crime, a vítima do Caso Yoki mandou uma carta psicografada e contou detalhes de sua vida que viveu antes dessa. A grande novidade, é que Marcos informou que no passado foi, na realidade, um grande assassino da Europa. “Nasci em Londres em meados do século XIX e desencarnei no ano de 1912 da Era Cristã. Em Whitechapel, matei e mutilei cinco mulheres que ganhavam a vida como prostitutas. Esses crimes envolveram atos extremamente pavorosos, narrados em detalhes minuciosos pela mídia da época e o fato de nunca ter sido descoberto me tornou um mito, tão misterioso como o próprio fog londrino. Várias teorias foram levantadas e filmes e mais filmes foram realizados com um intuito pretensamente investigativo, mas devo dizer que ninguém chegou nem perto da minha verdadeira identidade, o que me causou muitas gargalhadas e um enorme orgulho de ter cometido o crime perfeito”, disse na carta publicada pelo site +RO.

Leandro, da dupla com Leonardo

Leandro da dupla com Leonardo
Leandro da dupla com Leonardo

Assim como o baterista da Mamonas Assassinas e do herdeiro da Yoki, Leandro também se comunicou com esse mundo através de uma carta psicografada. Em 1998, o país todo acompanhou o sofrimento da dupla de Leonardo por causa de um câncer raro no pulmão. No mesmo ano, infelizmente ele faleceu, comovendo a nação. Cinco anos mais tarde, ou seja, em 2003, um médium psicografou uma carta de Leandro. No texto, o rapaz chamou Leonardo de sua alma gêmea. Ele pediu que sua família fosse consolada e que já havia aceitado sua morte, a qual ele definiu como ‘vida eterna’. Terminou suas palavras dizendo que estava em um lugar melhor.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Arthur Farias