Celebridades

Marcos Harter, após processo milionário, sofre derrota contra a Globo e é condenado: “Investigação criminal”

Marcos Harter perde processo contra a Globo (Foto: Divulgação)
Marcos Harter perde processo contra a Globo (Foto: Divulgação)

Marcos Harter perdeu ação que movia contra a Globo

O ex BBB Marcos Harter participou da décima sétima edição do reality show da Rede Globo, mas acabou sendo expulso do programa pouco antes da final.

Após sua polêmica saída, Marcos Harter decidiu mover uma ação contra a emissora por danos morais, mas acabou não tendo êxito com o processo.

+Renata Fan é humilhada, destrói verdades dos bastidores ao vivo e sobra até para Fátima Bernardes: “Alucinada”

Na época, Marcos Harter entrou com o processo e chegou a pedir 750 mil reais de indenização, alegando que a sua imagem foi prejudicada pela emissora devido a sua expulsão. Mas, a Justiça interpretou de uma outra forma e negou o pedido do médico, delegando ainda que ele deve pagar 10% do valor da causa, 75 mil reais, ao canal.

Segundo o site Notícias da TV, a decisão foi tomada pela juíza Ana Lúcia Xavier Goldman, da 28ª Vara Cível de São Paulo.

+Eliana, que sofreu aborto espontâneo, faz desabafo brutal após anúncio com marido: “Vão errar com você”

Pra quem não lembra, Marcos Harter, que era considerado um dos queridos ao prêmio do BBB17, foi expulso da atração sob a acusação de agressão com Emily Araújo. Na época, ele chegou a ser denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, mas tempos depois foi absolvido pelo Tribunal de Justiça.

Apesar de não haver condenação, a juíza entendeu que a Globo agiu corretamente ao expulsar Marcos Harter. “Nesse cenário, a agressão existiu, sendo comprovada a autoria pelas imagens e depoimentos da participante Emilly, e a materialidade pelo laudo de exame de corpo de delito, não havendo prosseguimento da investigação criminal por ausência de representação da vítima [Emilly] para instauração da ação penal, como exigido pela legislação de regência”, disse a juíza no despacho.

A Globo enviou a Justiça parte das conversas com Emily Araújo no confessionário, mas Marcos Harter alegou que a emissora não enviou todas. A juíza, por sua vez, disse já ter material o suficiente.

+Ex de Gusttavo Lima quebra silêncio e expõe terror que passou ao lado do cantor: “Tenho ódio e ranço dele”

“Eventuais outras conversas mantidas entre Emilly e a produção do programa, que o autor alega que foram omitidas deliberadamente pela ré, não interferem no fato de que Marcos, em dado momento do programa, inclusive por mais de uma vez, agrediu fisicamente a autora, apertando seus punhos e braços, causando-lhe pequenos hematomas”, destacou a juíza.

Emilly Araújo e Marcos Härter no "Big Brother Brasil 17" (Foto: Reprodução/TV Globo)
Emilly Araújo e Marcos Härter no “Big Brother Brasil 17” (Foto: Reprodução/TV Globo)

Reviravolta

A juíza destacou ainda que Marcos Harter continuou na mídia, com fãs e chegou a participar de outros programas. O médico esteve no elenco de A Fazenda no mesmo ano e ficou em segundo lugar.

“Saliento, por fim, que a repercussão do fato por diversos meios de comunicação gerou reações adversas, tanto que parte dos telespectadores apoiaram o autor, além de acarretar visibilidade que propiciou a Marcos o seu ingresso, pouco tempo depois, em outro reality show do mesmo gênero, não havendo, especialmente por parte da ré [Globo], ações dirigidas ao ataque da honra do participante excluído”, finalizou a juíza.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Raquel Souza