Marcos Mion

Marcos Mion

Marcos Mion expõe verdade sobre projeto fora da Globo: “Não queria que as pessoas pensassem no Caldeirão”

Marcos Mion aceitou um trabalho fora da Globo e surpreendeu (Foto: Reprodução)
Marcos Mion aceitou um trabalho fora da Globo e surpreendeu (Foto: Reprodução)

Marcos Mion decidiu topar um novo desafio em sua carreira e que não envolvia seu trabalho na Globo

Marcos Mion, sem sombra de dúvidas, é um dos maiores acertos da Globo dos últimos tempos. O apresentador foi contratado pela emissora apenas para substituir Luciano Huck no Caldeirão até o final do ano passado e assumir projetos nos canais fechados do grupo.

Mas, como ele conseguiu se destacar, a emissora desistiu da ideia de extinguir o Caldeirão. Além do trabalho como apresentador da Globo, Marcos Mion ganhou uma outra oportunidade inimaginável na carreira. Ele foi um dos dubladores de Lightyear, filme que faz parte da saga Toy Story.

O apresentador teve a missão de substituir Guilherme Briggs, que deu voz a Buzz desde o primeiro filme de Toy Story. Durante entrevista ao Fantástico que foi ao ar no último domingo, Mion abriu o coração e falou sobre a importante oportunidade e o desafio que recebeu na carreira.

“Nossa eu estou muito feliz. Toy Story fez parte da minha vida. Eu queria deixar muito evidente que não era sobre mim, era sobre o Buzz. Eu não queria que as pessoas fossem ao cinema e pensassem no Caldeirão”, explicou Marcos Mion, que ainda falou sobre a reação de seus filhos.

“Quantos pais conseguem chegar em casa um dia e falar, molecada vem cá ‘eu sou o Buzz”’, disparou ele. Nas redes sociais, Marcos Mion chegou a compartilhar o vídeo da entrevista e ainda falou sobre a polêmica sobre o beijo gay, que acabou sendo banindo de vários países em forma de protesto.

Veja também

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Marcos Mion e condena o que ele fez na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários