Globo

GloboSBT

Guerra de meio bilhão: Globo rouba estrela do SBT, Silvio Santos não aceita e faz contra ataque

Depois da Libertadores, Globo e SBT travam uma disputa pela Copa Brasil, que pode superar o valor de meio bilhão de reais
Depois da Libertadores, Globo e SBT travam uma disputa pela Copa Brasil, que pode superar o valor de meio bilhão de reais- Foto: Montagem/TV Foco

A emissora de Silvio Santos entrou em uma nova briga multimilionária por direitos esportivos com a Globo

Globo e SBT tem travado uma disputa interessante nos bastidores desde 2020, quando Silvio Santos decidiu fazer novos investimentos na programação esportiva do canal. Agora, as emissoras estão brigando pelos direitos da Copa do Brasil e o vencedor deve desembolsar cerca de meio bilhão de reais para garantir o torneio.

Isso mesmo, a competição mata-mata é uma das mais caras do calendário nacional e vive um impasse há cerca de 2 meses, por conta de um atraso da CBF para definir qual canal irá transmitir o torneio a partir 2023.

Atualmente, a Copa do Brasil é uma das “estrelas” da programação da Globo e a emissora da família Marinho também desponta como a favorita para continuar sendo a casa do torneio.

De acordo Rodrigo Mattos, colunista do UOL Esporte, a Globo fez uma proposta maior pelo pacote geral e ainda tem uma cláusula de preferência para renovação de contrato. Mas ainda não há um acordo sacramentado com a emissora justamente por conta do SBT que segue com chances, por ter feito uma oferta alta para ter o evento em TV aberta.

Globo e CBF abriram negociações antes dos outros canais, e a oferta não demorou a ser apresentada. A confederação não conduziu um processo de concorrência formal pelos direitos e isso causou incômodo no SBT, que, posteriormente, também apresentou uma proposta generosa. 

Veja também

Vale destacar que o canal de Anhanguera está ainda mais agressivo nas negociações, após perder a Copa Libertadores, que voltará para a Globo em 2023.

Globo e SBT brigam nos bastidores pelos direitos de tranmissão da Copa do Brasil em 2023
Globo e SBT brigam nos bastidores pelos direitos de transmissão da Copa do Brasil em 2023- Foto: Divulgação/ CBF

A questão é que a Globo fez oferta pelos direitos de TV aberta, paga (SporTV) e streaming. A última fatia será sublicenciada com a Amazon Prime Video, como já acontece atualmente. Com o “bônus” da Amazon a proposta da Globo é de pagar um valor que se aproxima de R$ 500 milhões.

O SBT tem interesse só por jogos na TV aberta. Ainda assim, apresentou uma oferta considerada bem alta. O problema é que outras empresas de TV paga não entraram na disputa, justamente pelo fato de a CBF não ter aberto concorrência formal. A possibilidade de mudança do favoritismo da Globo dependeria de uma a TV paga completar o valor do canal de Silvio Santos para concorrer com sua principal rival e a Amazon.

Apesar da situação estar se arrastando a mais tempo do que o previsto, Mattos aponta que a CBF não tem pressa para assinar um contrato de direitos de transmissão e pode esticar a negociação caso entenda que pode arrecadar ainda mais.

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão detona Linn da Quebrada após ela exigir respeito de Silvio Santos

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários