Notícias do Mundo

Ministério da Saúde fecha acordo para 10 milhões de vacinas contra Covid da Sputnik V

Ministério da Saúde adquiriu 10 milhões de doses da vacina (Foto: Reprodução)
Ministério da Saúde adquiriu 10 milhões de doses da vacina (Foto: Reprodução)

Vacinas ainda não tem aprovação da ANVISA

Nesta sexta-feira (12), o Ministério da Saúde fechou contrato para a compra de 10 milhões de doses da Sputnik V, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo instituto russo Gamaleya. O anúncio do ministério ocorre um dia após governadores e prefeitos anunciarem seus próprios acordos para o fornecimento de doses.

A seguir veja o cronograma previsto pelo ministério:

400 mil doses até o final de abril
2 milhões no fim de maio
7,6 milhões em junho

A vacina porém, não conta com aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA. Os responsáveis pelo imunizante precisam realizar o pedido de uso emergencial. Para apoiar a comercialização no país, os russos firmaram parceria com a farmacêutica União Química.

“Para que possamos efetivamente aplicar a Sputnik, só necessitamos que a União Química providencie com a Anvisa, o quanto antes, a autorização para uso emergencial e temporário”, disse Elcio Franco, secretário do Ministério da Saúde

Segundo o ministério, a União Química afirmou que pretende fabricar o imunizante no Brasil, em fábricas em São Paulo e no Distrito Federal. A possibilidade de produção 100% nacional será avaliada pelo ministério nas próximas semanas e pode levar à concretização de outro acordo comercial.

Vacina ainda não tem aprovação da ANVISA (Foto: Reprodução)
Vacina ainda não tem aprovação da ANVISA (Foto: Reprodução)

Participe agora do grupo do TV FOCO no Telegram e receba tudo sobre BBB - Clique aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Bruno Silva

Bruno Silva é paraibano e atua na área como redator desde 2013, sempre trazendo notícias aos leitores com muita responsabilidade.