MTV

Ministério Público Federal entra com ação contra Editora Abril por venda ilegal da MTV

(Foto: Divulgação)
Editora Abril vendeu canal de TV ilegalmente

A MTV Brasil continua no ar na TV Paga, mas agora é gerenciada pela Viacom, dona da marca. Até setembro de 2013 a marca era usada pela Editora Abril, que vendeu o canal para o Grupo Spring.

O Ministério Público Federal considera a venda ilegal, e entrou com uma ação ação civil pública contra a Abril para suspender o canal de TV aberta que antes era ocupado pela MTV, hoje chamado de Ideal TV.

Segundo o Portal Fórum, a emissora foi vendida por R$ 290 milhões para a Spring Televisão S/A, mas o negócio foi ilegal, já que a comercialização de canais abertos entre particulares é proibida pela Constituição.

“Mostra-se absolutamente inaceitável que aquele particular que obteve a concessão de um serviço público possa simplesmente negociá-la, pelo preço que entender e para quem escolher, a seu livre desejo, fazendo tabula rasa dos princípios republicano, democrático, da impessoalidade, da moralidade, da eficiência administrativa e da isonomia”, declararam os procuradores Elizabeth Kobayashi, Jefferson Dias, Lisiane Braecher, Pedro Machado e Steven Zwicker, autores da ação.

Valdemiro faz mais uma vítima
Valdemiro ocupa canal que era da MTV

Atualmente a grade do canal é composta em grande parte pela programação da Igreja Mundial do Poder de Deus. Além do cancelamento da venda e da suspensão do uso do canal pela Spring, a ação pede que a União anule a concessão do serviço de radiodifusão à Abril e realize nova licitação da frequência.

Os procuradores pedem ainda que as duas companhias envolvidas no negócio paguem indenização por danos morais coletivos.

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics