Celebridades

Monica Iozzi perde o do pai de forma trágica, faz desabafo e emociona com história comovente

Monica Iozzi interpreta Kim em A Dona do Pedaço (Foto: Globo/João Cotta)
Monica Iozzi está no ar como a Kim de A Dona do Pedaço e relembrou trágica história do passado (Foto: Globo/João Cotta)

Monica Iozzi abriu o  coração e relembrou um momento bastante difícil da sua vida e gerou comoção com seu relato emocionante

A atriz Monica Iozzi surpreendeu ao abrir o jogo sobre a morte precoce de seu pai, que faleceu após um acidente de trabalho quando a artista tinha apenas 16 anos de idade.

Ele morreu em um acidente de trabalho. Quase nunca toco nesse assunto, não gosto da ideia de me vitimizar. Mas, apesar de não ser fácil, acho bom conversarmos sobre isso. Meu pai era eletricista e morreu eletrocutado. Nós o perdemos porque algo deu errado no seu ambiente de trabalho. É gigantesco o número de pessoas que morrem desse mesmo jeito. Atualmente, há uma medida provisória que pretende eximir a empresa de responsabilidade pelos acidentes com os funcionários no trajeto do serviço [a proposta foi retirada do texto da MP]. Estamos tendo muitos retrocessos e não existe mais nem o Ministério do Trabalho para a gente reclamar! A gente vive um momento no qual, se a gente não alertar, coisas do tipo vão acontecer cada vez mais”, diz a Kim de A Dona do Pedaço, novela da faixa das 21h da Rede Globo, em entrevista à “TPM”.

+A Dona do Pedaço: Fabiana deixa Agno pra trás e o faz confessar crimes

+Diego Hypolito termina namoro com advogado bonitão, toma atitude e surge como você nunca viu

+Carlinhos Maia desabafa após ser investigado pela polícia em crime e toma atitude comovente para se retratar

Por conta da perda precoce, Monica Iozzi contou que precisou se reinventar e amadurecer mais rápido do que deveria, tendo que se desdobrar pra superar a morte do pai e não deixar de viver a sua vida por conta do enorme trauma.

“É muito difícil, uma pancada, quando se perde alguém que saiu de casa para trabalhar e nunca mais voltou. A vida é o inesperado, né? Eu, minha mãe e minha irmã ficamos fora do eixo. Precisei crescer rapidamente. A gente precisava sobreviver, acudir a outra quando uma chorava desesperadamente. Minha irmã vendia fruta na faculdade. Eu trabalhei em eventos, vendi roupa em shopping. A minha mãe teve carrinho de cachorro-quente. Há coisas emergenciais e isso tem um preço: questões ficam sem tempo de serem elaboradas. Demorei muitos anos, mas muitos mesmo, para me curar da morte do meu pai”, revelou Monica Iozzi.

+Celso Portiolli fica frente a frente com Mara Maravilha após briga ao vivo e situação entre eles dá o que falar

+Neymar dá entrevista exclusiva após acusação de estupro e revela bomba

No bate-papo, Monica Iozzi revelou ter sido vítima de assédio enquanto trabalhava no CQC, especialmente quando foi cobrir a polícia brasileira e precisou aturar as investidas de parlamentares.

SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.

ANÚNCIOS

ANÚNCIOS

Comentários recentes

CONHEÇA

ASSISTA!

;