Celebridades

Celebridades

Motorista de aplicativo cai em contradição nos depoimentos e fatos do acidente de Rodrigo Mussi

Motorista assume que cochilou no volante e ocasiou acidente grave de Rodrigo Mussi
Motorista assume que cochilou no volante e ocasiou acidente grave de Rodrigo Mussi (Montagem/ Reprodução Globo)

Depoimento de motorista que ocasionou acidente com Rodrigo Mussi tem contradições, aponta colunista

Rodrigo Mussi, aos 36 anos, sofreu um grave acidente de carro na última quinta-feira, 31 de março, enquanto estava no banco de trás sem o uso do cinto de segurança. Quem conduzia o veículo era um motorista de aplicativo, Kaique Reis.

Por conta do acidente que arremessou Rodrigo Mussi para fora do automóvel, o ex-BBB passou por diversas cirurgias delicadas, incluindo na cabeça, e está em coma no Hospital das Clínicas em São Paulo.

Com exclusividade, a coluna Leo Dias, do site Metrópoles, teve acesso ao boletim de ocorrência (B.O.) registrado na 14ª Delegacia de Polícia (no bairro de Pinheiros) logo após o gravíssimo acidente. Acontece que o depoimento de Kaique Reis tem algumas contradições, segundo pontua o colunista.

O motorista de aplicativo Kaique Reis dirigia um Renault Logan na Avenida Marginal do Rio Pinheiros quando bateu com a traseira de um caminhão, na madrugada de 31 de março. O motorista disse que acredita ter dormido na direção, pois foi acordado com o airbag em sua cara. Em entrevista à Globo, o motorista relatou sobre a possibilidade de ter cochilado no volante.

+Deolane Bezerra se irrita com visibilidade dada ao mendigo pegador e detona apoiadores: “Cara nojento”

O colunista conversou com alguns familiares de Rodrigo Mussi que afirmaram estar em dúvida sobre alguns detalhes das declarações dadas pelo motorista de aplicativo. Um dos detalhes mais intrigantes é o horário da corrida. No depoimento, Kaique Reis afirmou que aceitou a corrida de Rodrigo Mussi por volta das 01h30 da manhã. Mas o acidente aconteceu somente às 04h.

O trajeto que levaria em média 30 minutos, caso fosse horário de pico, não bate com o depoimento do motorista. Dado que do momento que ele afirmou ter pegado a corrida até o local de destino teria levado quase 3 horas de duração. Na verdade, câmeras de segurança mostram Rodrigo Mussi entrando no carro de aplicativo por volta das 03h20 da manhã.

Veja também

Kaique Reis, motorista de aplicativo, conta como aconteceu o acidente de Rodrigo Mussi
Kaique Reis, motorista de aplicativo, conta como aconteceu o acidente de Rodrigo Mussi (Reprodução/ G1)

Uma outra contradição é apontada por Leo Dias referente ao boletim de ocorrência. Kaique Reis não identificou o passageiro, ao chegar no hospital afirmou que ele era um desconhecido, mas na manhã de quinta-feira, ao dar depoimento para a polícia, o motorista sabia quem era o passageiro famoso.

Acontece que os motoristas de aplicativo sabem normalmente os nomes e tem acesso a dados dos passageiros das corridas. Ele poderia ter se informado na palma da mão através de seu celular, mas no momento que os socorristas chegaram, ele omitiu a informação sobre quem era Rodrigo Mussi, atrasando assim o contato com os familiares do rapaz.

O colunista fez um levantamento que a polícia pericial não encontrou o celular de Rodrigo Mussi no local do acidente, mas apareceu nas mãos do motorista mais tarde. Segundo informações, Kaique Reis estava em posse do celular do ex-BBB e não atendeu ligações de familiares durante toda quinta-feira.

Vídeo mostra o momento exato do acidente de Rodrigo Mussi, ex-BBB22 (Foto: Reprodução / Internet)
Vídeo mostra o momento exato do acidente de Rodrigo Mussi, ex-BBB22 (Foto: Reprodução / Internet)

+Atual sucesso no Globoplay, as dramáticas novelas mexicanas estreavam há 40 anos no Brasil pelo SBT

A família de Mussi acredita que o motorista tenha tentado desbloquear o celular do ex-BBB diversas vezes, já que fica registrado quem tenta sem sucesso desbloquear um aparelho com senha. Também foi encontrado um vídeo do momento da colisão, indicando que o motorista estava em velocidade acima da permitida na região, mas a perícia ainda não avaliou qual era a velocidade do veículo.

APLICATIVO OFERECE SUPORTE

O colunista do site Metrópoles foi a fundo e descobriu que a 99 Táxi – marca de aplicativo usada por Rodrigo Mussi, que ganhou R$ 10 mil reais em corridas dentro do BBB22 – tentou respaldar todos familiares do ex-BBB nesse momento de dificuldade. Seja pagando diária de hotéis em São Paulo, alimentação e transporte, porém a família se recusou e quer, de fato, saber o horário exato da corrida.

VÍDEO YOUTUBE: Escândalo! Gusttavo Lima usa mais de R$ 1 milhão de dinheiro público 

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários