Polêmicas

Polêmicas

Motorista que dirigiu no dia da morte de Cristiano Araújo é condenado por homicídio

Ronaldo (de branco) e Cristiano Araújo. (Foto: Reprodução)
Ronaldo (de branco) e Cristiano Araújo. (Foto: Reprodução)istian

Em uma condenação aberta, o ex-motorista do falecido cantor Cristiano Araújo, Ronaldo Moreira, foi condenado por homicídio culposo em relação a morte do sertanejo e sua namorada, a Alana. Ronaldo cumprirá 2 anos e sete meses de detenção, no regime aberto.

Blindagem excessiva de Silvio Santos gera revolta nos bastidores do SBT

De acordo com informações do jornalista Leo Dias, o rapaz será obrigado a pagar R$ 25 mil para as famílias das vítimas fatais no acidente. Além, pagará certas básicas. Ainda como forma de punição, Ronaldo teve a carteira de habilitação (CNH) suspensa.

A morte ocorreu em junho de 2015, quando o cantor retornava de um show e voltava para Goiânia. Victor Leonardo, o empresário, também estava no carro no dia do acidente, mas saiu bem e não teve maiores empecilhos.

IRMÃO DE CRISTIANO ARAÚJO FALA DE HERANÇA

Veja também

O cantor Felipe Araújo foi o convidado do programa “Pânico” na Rádio Jovem Pan e contou uma história inusitada envolvendo seu irmão, morto há 2 anos.

“É uma história que eu não tenho um pingo de orgulho de falar dela. No último dia de aula, eu tinha 15 anos, e o Cristiano ia gravar o primeiro DVD dele, já tinha participação do Jorge e Mateus, Gustavo Lima, Humberto e Ronaldo, e era o primeiro DVD da carreira dele e o dinheiro estava ‘contadinho’, ele ia vender um carro para fazer esse projeto”, começa.

“Eu bem [jovem] um mês antes do DVD decidi aprender a dirigir sozinho com o carro dele, só na primeira esquina eu já bati no primeiro carro que estava parado na rua, eu bati em dois carros, estacionei e falei: ‘Agora eu acho que eu tenho que entrar em uma autoescola, sozinho eu não vou conseguir’”, relembra.

Questionado se sabia que Cristiano venderia o carro ele é direto: “Sabia, mas eu nem imaginava que eu ia bater. E o pior: meu irmão não teve o dinheiro do carro que ele ia vender e ainda teve que pagar uma puta grana para arrumar os outros carros”.

O cantor pensou até em sumir do mapa por causa da vergonha de cancelar o DVD. “Faltando dois dias para as gravações, o Cristiano não tinha dinheiro, estava faltando uma grana, ele falou: ‘Vai ser muito vergonhoso com o DVD pronto e eu não ter dinheiro para pagar o final, vou mudar de Goiânia’. No entanto o Jorge [da dupla com Mateus] emprestou uma grana para ele e graças a Deus deu tudo certo”, explica.

VÍDEO YOUTUBE: Sonia Abrão DETONA Marcos Mion e condena o que ele fez na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários