Celebridades Internet

Na ‘Banheira do Gugu’, Luiza Ambiel e Núbia Oliiver se reencontram para relembrar histórias

Luiza Ambiel (Foto: Reprodução)

Parece que os velhos tempos então voltando com tudo. O clássico quadro “Banheira do Gugu” que invadia as tardes de domingos durante os anos 90, foram relembrados durante uma conversa entre as musas que pegaram muito sabonete: Luiza Ambiel e Núbia Oliiver.

+Fausto Silva chama político de “imbecil” e irrita eleitores de Jair Bolsonaro

Luiza Ambiel vai estrear um novo canal no YouTube e uma de suas primeiras convidadas será sua colega de quadro Núbia Oliiver. A ex-participante do “Casa dos Artistas”, Núbia Oliiver ficou honrada pelo convite: “Eu não podia faltar, né? Afinal, fui uma das mulheres que mais participou da banheira e, com muito orgulho, faço parte dessa história também”.

Atualmente Núbia Oliiver usa suas redes sociais para conversar com seus seguidores e dar dicas sobre sexo, uma de suas ultimas postagens ela falou sobre orgasmo: “O orgasmo de uma mulher não começa quando você tira a roupa dela, ou quando toca em seu corpo. O orgasmo de uma mulher começa quando você manda um bom dia, dizendo que pensou nela e por isso mandou mensagem”, escreveu a modelo. “Começa quando você a vê e, ao invés de falar sobre você e o seu dia, você a escuta, a faz sorrir, segura na mão dela, olha nos olhos, em vez de ficar no celular”.

+Gusttavo Lima humilha Alexandre Pires: “Coloco no lugar que quiser, quem estava pagando era eu”

Luiza Ambiel, em recente entrevista ao TV Fama da RedeTV!, falou sobre sua participação no quadro da banheira, ela foi responsável por inaugurar a brincadeira no programa do Gugu no SBT, nos anos 90 e lembra que no inicio a água não era quentinha e a produção jogava sabão em pó para fazer espuma.

Luiza também revelou que recentemente descobriu que sofre de uma doença rara: Síndrome de Síncope, que pode lhe causar desmaios repentinos. A eterna musa da banheira faz tratamento e acompanhamento médico.

Sobre a entrevista com a colega Núbia Oliiver, Luiza adianta: “Relembramos nossas histórias da época , falamos da nossa vida atual, sexo, relacionamento e muito mais”.

Luiza Ambiel e Núbia Oliiver (Foto: Random Box Studios Divulgação)

LUIZA AMBIEL LEMBRA DOS BASTIDORES DO SBT

Quem teve oportunidade de ter nascido nas décadas passadas e sempre amou televisão, pôde acompanhar a atriz Luiza Ambiel virar musa da Banheira do Gugu, quadro exibido dentro do Domingo Legal no SBT. Luiza chama a atenção pela beleza e corpo escultural.

Para o programa TV Fama, a veterana fez revelações da época e contou segredo dos bastidores da atração, que era sucesso de audiência toda a semana. Luiza disse que não falava do que acontecia, como as passadas de mão dos famosos, para o apresentador. “Não, não falava. Assim, a produção já conversa com as pessoas. Falavam: ‘Olha, pega leve’. O Liminha sempre falava: ‘Não vai fazer nenhuma brincadeira de mau gosto que ela vai rodar a baiana’”, lembra.

Luiza aproveitou para citar dois nomes conhecidos que tentaram se aproveitar dela, o diretor Marcelo de Nóbrega e o cantor Compadre Washington. “Povo meio folgado né? Eu falava: ‘Você vai pegar sabonete, não vai pegar na saboneteira’, contou ela, que já sofreu abuso na infância.

Luiza Ambiel ainda usa a ‘Banheira do Gugu’ para trabalhar e está no teatro fazendo menção ao quadro de sucesso do “Domingo Legal”. “Faço teatro há 18 anos. Atualmente viajo com um solo de humor, ‘Vende-se uma banheira’. Ganho dinheiro com essa banheira até hoje. Valeu a pena apanhar e bater”, revelou em entrevista para o “Programa do Porchat”.

Luiza contou também que chegou a rolar na porrada para valer durante a exibição do quadro com o diretor da “Praça é Nossa” Marcelo de Nóbrega. “Eu dava porrada. Saí na porrada com o Marcelo de Nóbrega, hoje trabalhamos juntos. A gente rolou, o Gugu que apartou”.

Por fim, Ambiel contou o que fez para começar a se defender de homens mais engraçadinhos. “Eu comecei a fazer luta no início da ‘Banheira’ porque eu apanhava muito, apanhava demais. O pessoal queria ir com a mão onde não devia. O jiu-jitsu me ajudou muito a segurar os grandes, como o Gerson Brenner, que era um cara muito forte”.

 

TV Foco no Youtube

Podcast TV Foco

ANÚNCIO

Conheça nosso Podcast

ANÚNCIO

site statistics