TV Foco

TV Foco

NETFÉ, maior serviço de streaming totalmente voltado ao público cristão, estreia programa “Coisa de Crente” com o jogador Rodrigo Caio

Netfé (A atração comandada pelo pastor Juninho vai ao ar nesta quinta-feira, 24/06, às 21h)

Netfé (A atração comandada pelo pastor Juninho vai ao ar nesta quinta-feira, 24/06, às 21h)

No ar desde janeiro de 2021 e semelhante às plataformas de OTT´s – Over-the-top, termo para distribuição de conteúdo pela internet sem intermediários – como Netflix, Amazon Prime e Globoplay, a NETFÉ oferece uma ampla variedade de conteúdo cristão como cultos, lives, shows, desenhos e séries religiosas voltadas para toda a família e sem comerciais.

Nesta quinta-feira, 24/06, às 21h, a plataforma inicia a exibição do programa “Coisa de Crente”. Apresentado pelo pastor Juninho, a atração já começa com um convidado de peso, o zagueiro do Flamengo, e com passagens pela seleção brasileira, Rodrigo Caio.

Ao longo do programa, o pastor irá abordar as histórias da carreira, seu começo no São Paulo FC, polêmicas envolvendo dirigentes, fair play contra adversários, chegada ao Flamengo e a relação de importância que a fé tem na sua profissão e família.

Veja também

De acordo com o apresentador, o programa será mais que informação e entretenimento, será fonte de inspiração. “Minha expectativa é de inspirar vidas através de histórias relevantes de pessoas com certa influência no nosso dia a dia” afirma o pastor.

Com mais de 30 anos de mercado e passagens por TV Bandeirantes, RedeTV, portal Terra e FOX Sports, Fernando Moraes, Strategic Content Manager da plataforma, afirma que a NETEFÉ, chega para competir com outros players, mas com conteúdo diferenciado. “O Brasil conta hoje com mais de 65 milhões de pessoas que se declaram evangélicas, sem contar os que não se denominam. Vamos buscar a atenção desse target, que está interessado em uma programação e oferta de conteúdo que fale diretamente com eles“, explica conclui Moraes.

Segundo estudo recente de mapeamento da BB, empresa de pesquisas de mídia e telecomunicações, no Brasil, 22% das pessoas assistem a um serviço de streaming, 16% concilia OTT e TV paga e 7% assina apenas canais à cabo.

Ainda de forma gratuita, a plataforma pode ser vista e acessada no celular, tablet ou computador, pelo site netfe.tv ou pelo aplicativo, disponível no Google Play e Apple Store.

A partir do segundo semestre o NETFÉ contará com plano fixo de R$9,90 por mês, sem contrato nem taxas extras.

Sobre o Pastor Juninho

Pastor dos Jovens e Adolescentes da CBRio. Formado em Economia pelo Ibmec e com MBA em Finanças Corporativas pela FGV, no início de 2020, depois de 10 anos investindo em sua carreira no mercado financeiro, passando por instituições como Banco Modal e Bando Itaú BBA, atendeu ao chamado de Deus para se dedicar integralmente à igreja dele. Está cursando atualmente Teologia no Seminário Batista do Sul do Brasil, mesma instituição que seu pai, Pastor Pedrão, e seu avô, Pastor Pedro Capela, se formaram.

Sobre a NETFÉ

A NetFé é um serviço de transmissão e distribuição de conteúdo online, 100% brasileiro, que oferece uma ampla variedade de conteúdo cristão como lives, shows, desenhos, séries religiosas, cultos ao vivo e gravados, exclusivos da plataforma e sem comerciais.

Com um aparelho conectado à internet, qualquer um pode acessar aos conteúdos voltados para toda a família de onde quiser. Bastar acessar netfe.tv ou fazer o download gratuito do aplicativo, disponível no Google Play e Apple Store.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Assuntos

Quem escreve

Aaron Tura

Aaron Tura é um jornalista paulista que ama o mundo da televisão e seus afins. Ligado nas novidades da telinha, fundou o TV FOCO em 2006 com o propósito de trocar opiniões e informações!

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários