Band Celebridades Neto

Neto cospe na cara de homem negro, vídeo chocante é divulgado e ele detona ao vivo na Band: ‘Fui covarde, nojento’

Neto contou que cirurgia bariátrica fez com que seu pênis aumentasse 3cm (Reprodução: Band)
Neto relembrou episódio que cuspiu na cara de árbitro negro (Reprodução: Band)

O ex-jogador de futebol e atual contratado do setor esportivo da Band, Neto, relembrou episódio quando cuspiu na cara de homem negro

Neto, ex-jogador de futebol e atual comentarista e apresentador esportivo da Band, no comando de Os Donos da Bola, dedicou programa especial nessa quarta-feira, 11, para falar sobre racismo no esporte, e acabou rememorando episódio polêmico ocorrido em 1991, quando ele ainda, ainda atleta, cuspiu na cara do juiz José Aparecido, um árbitro negro.

Debates sobre racismo voltaram a ganhar força na TV brasileira após o assassinato brutal de George Floyd, um homem negro que foi asfixiado até a morte por um policial branco nos Estados Unidos, fazendo suscitar questionamentos sobre o racismo estrutural em países com anos de história de escravidão, como o país norte-americano e o Brasil.

+William Bonner, em decisão histórica, ‘define’ seu substituto na Globo e surpreende com escolha

+Zé Felipe, filho de Leonardo, após traição, escândalo e se vingar da ex, recebe porrada: “Opção nunca faltou”

O tema também tem sido debate por esportistas e profissionais de comunicação que atuam no futebol. Antes de Neto dedicar um episódio completo de seu programa na Band sobre o tema, o narrador da Globo, Galvão Bueno, se posicionou contra o racismo e repudiou o assassinato de George Floyd.

NETO REMEMORA EPISÓDIO QUE CUSPIU EM ÁRBITRO NEGRO

Durante Os Donos da Bola ao vivo na Band, o ex-jogador do Corinthians, que recebeu nos estúdios outros atletas negros, como Edílson Capetinha, rememorou o lamentável episódio quando ele cuspiu na cara do árbitro José Aparecido. Sem meias palavras, o ex-jogador admitiu ter errado e disse ser “cobrado” por tal atitude ainda hoje.

“Quando cuspi no rosto do árbitro José Aparecido, um negro, levei seis meses de suspensão, mas ele sofreu muito mais. Eu fui um covarde, um nojento”, afirmou Neto, ao vivo na Band. Vale ressaltar que o futebolista e Aparecido já se reencontraram após o episódio de 1991 – o momento aconteceu em junho de 2017 quando o corinthiano pediu perdão ao árbitro.

Integrante do time de comentaristas do programa esportivo da Band, Edílson Capetinha, que é negro, relatou episódio de racismo que sofreu na infância. “Quando era criança, fui comprar pão e falei: ‘Tia, cobra pra mim?’, e ela: ‘Não tenho sobrinho preto’. Nunca me esqueci disso”, contou.

RENOVAÇÃO DE CONTRATO

E por falar em Neto, o apresentador de Os Donos da Bola renovou recentemente seu contrato de trabalho com a Band por mais dois anos.

+Susan Boyle, 11 anos após conquistar o mundo, espanta, passa por transformação e surge irreconhecível

Neto retornou à Band para trabalhar ao lado de Renata Fan no Jogo Aberto e, desde 2012, comanda um programa solo. Além de Os Donos da Bola, o futebolista também atua como comentarista esportivo em partidas dos campeonatos e comanda programa na Rádio Bandeirantes.

band neto globo
O apresentador Neto (Reprodução)

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco