Celebridades

Celebridades

Ney Latorraca tem testamento de morte assinado, após 50 dias na UTI e cirurgia para retirada de órgão

O ator Ney Latorraca - Foto: Reprodução
O ator Ney Latorraca – Foto: Reprodução

O ator lidou com momentos delicados e deixou toda a papelada pronta antes de partir

Ney Latorraca, um dos grandes nomes da atuação brasileira, coleciona papéis que marcaram gerações em produções de sucesso, principalmente em novelas da Globo, como O Cravo e a Rosa, Da Cor do Pecado, O Beijo do Vampiro e muitas outras.

Atualmente com 77 anos de idade, o veterano diminuiu bruscamente a participação nas produções e opta por aproveitar a vida ao lado do marido, o diretor Edi Botelho, principalmente após lidar com uma situação delicada envolvendo sua saúde.

Para quem não sabe, em 2012, Ney Latorraca ficou por quase 50 dias, internado na UTI, após passar por uma cirurgia de retirada da vesícula. Acontece que o procedimento ocasionou uma inflamação nas vias biliares e se espalhou pelo corpo.

“O sucesso mexeu comigo, não sabia que o sucesso era tão violento desse jeito. Eu queria tanto aquele sucesso popular e aconteceu. Fiquei com medo na época, fiquei doente”, comentou o ator em entrevista ao Persona In Foco, da TV Cultura.

TESTAMENTO

Veja também

Na mesma conversa, Ney Latorraca disse que já definiu as questões burocráticas no que se refere sua partida. Por não ter filhos, o artista revelou que vai deixar o patrimônio acumulado ao longo dos anos na TV para instituições voltadas ao teatro, visto que foi neles que fez milhões.

“É um desejo da minha mãe também. Acho que é assim que tem que ser. O que eu ganhei com o teatro tem que voltar para essas causas. Essa é a missão do artista, pelo menos para mim”, destacou o famoso.

Ney Latorraca é um dos maiores atores da TV brasileira (Foto: Reprodução)
Ney Latorraca é um dos maiores atores da TV brasileira (Foto: Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: Patricia Poeta tem atitude absurda + Simaria dá recado sobre paixão por cunhado

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários