Celebridades Neymar TV Foco

“Neymar da Penha”, Eduardo Bolsonaro comemora projeto de lei que agrava pena de denúncia caluniosa

Deputado Eduardo Bolsonaro defende projeto de lei envolvendo acusação de estupro contra Neymar Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados / CP
Deputado Eduardo Bolsonaro defende projeto de lei envolvendo acusação de estupro contra Neymar de Najila Trindade Foto: Vinicius Loures / Câmara dos Deputados / CP

A polêmica envolvendo o famoso jogador de futebol Neymar Júnior, que foi recentemente acusado de estupro pela modelo Najila Trindade, ganhou o Brasil e o mundo. Mesmo sem um desfecho judicial, o vice-líder do governo na Câmara, Carlos Jordy, criou um projeto de lei chamado “Neymar da Penha”, que busca agravar a pena de falsas denúncias de estupro, sendo parabenizado por Eduardo Bolsonaro.

A novidade foi comemorada por Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Messias Bolsonaro, que usou por meio de seu microblog, Twitter, para parabenizar o novo projeto de lei envolvendo Neymar e parabenizar o deputado do PSL.

+Neymar não comparecerá a casamento da mãe de seu filho, Carol Dantas, após polêmica acusação de estupro

+Thaeme volta aos palcos após nascimento de filha e revela grande drama vivido após retorno 

+Gabi Costa morre aos 33 anos, atriz ficou conhecida em novela da Globo “Órfãos da Terra”; veja detalhes

Parabéns aos dep. do PSL @cabojunioamaral (MG) e @carlosjordy (RJ) que, atentos ao caso do @neymarjr, protocolaram projetos de lei para agravar pena de mulheres inescrupulosas que acusam falsamente homens de crimes e calúnias. Acredite, tem mulher bandida que faz carreira assim!“, tuitou Eduardo Bolsonaro sobre o projeto de lei Neymar da Penha.

Após a mensagem, Eduardo Bolsonaro continuou, e justificou que o projeto de lei Neymar da Penha terá serventia contra o deputado, que responde um processo de Patrícia Lelis. “Caso aprovada essa lei retroage para alcançar toda a carreira de denunciação caluniosa da Patrícia Lelis? Rs”, comentou.

Najila Trindade e Neymar (Foto: Reprodução)
Najila Trindade e Neymar (Foto: Reprodução)

O projeto de lei Neymar da Penha dividiu opiniões entre os internautas e o assunto viralizou nas mídias digitais. “O deputado batizou a lei de “neymar da penha” em clara deboche da lei Maria da Penha que é um instrumento importantíssimo de combate à violência contra mulher e ficou . É um escárnio o que está sendo feito num país com altos índices de mulheres violentadas e assassinadas pelos parceiros.”, comentou uma. “Fazer denúncia caluniosa já é crime. O que os deputados querem é aparecer às custas de um escândalo e pra isso tripudiam de um problema real que aflige milhares de mulheres no Brasil.”, opinou outra. “Parabéns Deputados! Quem faz uma denúncia falsa para extorquir dinheiro está prejudicando, inclusive, as verdadeiras vítimas de violência”, comentou um terceiro. “12 mulheres são assassinadas por dia e 164 são estupradas diariamente. Não seja irresponsável em apoiar um projeto [Neymar da Penha] desse. Já existe punição para denunciação caluniosa no Código Penal.”, informou outra.

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Ionara Santna