Reality's

Reality's

No Limite sucateia R$ 300 milhões de anunciantes, gera audiência humilhante e tem único segredo para fracasso

A quinta temporada de "No Limite" possui apenas ex-BBBs (Foto: Reprodução/TV Globo)
A quinta temporada de “No Limite” possui apenas ex-BBBs (Foto: Reprodução/TV Globo)

Com cotas de publicidade milionárias, na onda do “BBB” e cheio de promessas, o reality show “No Limite” não conseguiu engrenar na Globo

“No Limite” tem sido um dos principais fracassos da Globo nos últimos tempos e a questão não envolve somente a aprovação do público. O programa tem registrado baixos índices de audiência na tela da emissora e isso tem gerado um verdadeiro rebuliço no setor financeiro, já que o programa foi vendido a preço de “BBB”.

A quinta temporada do reality show acontece 12 anos após a edição mais recente exibida na tela e desta vez conta apenas com ex-BBBs. A Globo acreditou e vendeu o produto como uma grande inovação, já que o “BBB” está muito em alta nos dois últimos anos e poderia gerar ainda mais engajamento com os picos de audiência que a edição mais recente garantiu esse ano.

Vendido com cotas de publicidade milionárias, o “No Limite” conseguiu faturar muito antes de sua estreia. O Na Telinha revelou que apenas o top de 5 segundos foi vendido ao Tik Tok entre R$ 10 milhões e R$ 13 milhões, além das outras cotas que variavam entre R$ 15 milhões e R$ 30 milhões. A Globo esperava faturar R$ 210 milhões, mas a procura das empresas foi tão grande que deu para aumentar a expectativa para R$ 300 milhões.

Veja também

O problema é que o “No Limite” se tornou um tipo de reality show que não é mais desejado pelo público. Assim como “O Aprendiz”, que fez muito sucesso no início dos anos 2000, o programa não tem envolvimento do público nas decisões e atualmente o engajamento em redes sociais é importantíssimo para a sobrevivência de alguns formatos na TV.

O “BBB21” se tornou um sucesso pela forma que levantava debates sociais e até chegou a promover uma espécie de motim contra alguns participantes, como foi o caso de Karol Conká, Projota e Nego Di. Com a falta de autonomia, o público acabou perdendo o interesse, fazendo o “No Limite” amargar tenebrosos 16,7 pontos de média na audiência em São Paulo, na última terça-feira (1).

André Marques é o apresentador de No Limite (Foto: Reprodução)
André Marques é o apresentador de “No Limite 5” (Foto: Reprodução/TV Globo)

FALTA DE VONTADE?

As críticas da performance de André Marques no comando da atração também têm pesado bastante na forma que o público tem se interessado pelo formato. Houve também alguns vazamentos envolvendo eliminações de participantes que já estavam em casa, sendo que na tela da emissora ainda estavam na disputa. O fato de não ser diário também pesou muito para o público, já que dificultou a criação de um vínculo.

NÃO ROLOU…

Um conjunto de fatores fez os R$ 300 milhões investidos na Globo terem ido por água abaixo. Nem o apelo do “BBB” e o fato do reality show ter começado pouco tempo após a vitória de Juliette fez com que os telespectadores suprissem a ausência de um programa tão bom na televisão.

No Limite
Edição do “No Limite” tem sido uma das mais ‘tristes’ da história (Foto: Reprodução/TV Globo)

Veja agora: Apresentador galã de TV dá basta e resolve se assumir gay de vez: veja fotos   

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Compartilhe essa notícia

Assuntos

No Limite

Quem escreve

Paulo Vito

Paulo Vito é um jornalista que trabalha com celebridades desde 2017 e admira tudo o que envolve o mundo dos famosos e da televisão. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades!

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários