ATENÇÃO!

PROIBIÇÃO: Nova lei da ANVISA chega com ordem, crava 3 alertas e atinge em cheio a Nestlé, Lacta e Cacau Show


ANVISA - Nestlé, Lacta e Cacau Show (Foto: Reprodução, Montagem - TV Foco)

Anvisa decreta nova lei que afeta em cheio a Nestlé, Lacta e Cacau Show

Com a promulgação de uma nova lei pela ANVISA, o panorama do setor alimentício se vê diante de significativas mudanças. Esta legislação, marcada por uma firme determinação, estabelece três alertas fundamentais e impacta diretamente gigantes do mercado como a Nestlé, Lacta e Cacau Show.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Essa medida proibitiva sinaliza uma abordagem mais rigorosa em relação aos produtos oferecidos aos consumidores, promovendo uma reflexão profunda sobre os padrões de qualidade e segurança alimentar.

Anvisa (Foto: Reprodução/Internet)
Anvisa (Foto: Reprodução/Internet)

Acontece que desde 18 de outubro de 2023, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tornou obrigatória a rotulagem frontal em produtos alimentícios processados e ultraprocessados no Brasil.

Mas o que é rotulagem frontal? Segundo o G1, é a informação clara e ostensiva na parte frontal da embalagem sobre a quantidade de açúcar, gordura saturada e sódio presente no produto.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


Nove lei dos rótulos de alimentos (Foto: Reprodução - Internet)
Nove lei dos rótulos de alimentos (Foto: Reprodução – Internet)

Como identificar?

Veja também

  • Selo frontal preto: indica alto teor do nutriente.
  • Selo frontal branco: indica teor moderado do nutriente.
  • Ausência de selo: indica baixo teor do nutriente.

A rotulagem frontal se aplica a todos os alimentos processados e ultraprocessados, como:

  • Biscoitos, salgadinhos, massas instantâneas, pizzas congeladas, embutidos, etc.
  • Bebidas açucaradas, sucos artificiais, energéticos.
  • Sopas e caldos instantâneos.
  • Cereais matinais açucarados.
  • Sobremesas prontas.

Com isso, as grandes marcas de chocolates como a Nestlé, Lacta e Cacau Show, são bastantes afetadas por essa nova lei.

ALERTAS

A implementação da rotulagem frontal no Brasil é um passo importante para promover a alimentação saudável e prevenir doenças crônicas.

Novos rótulos com alertas são obrigatórios pela Anvisa (Reprodução: Internet)
Novos rótulos com alertas são obrigatórios pela Anvisa (Reprodução: Internet)

Ao fornecer informações claras e ostensivas sobre o conteúdo de nutrientes críticos, a rotulagem frontal empodera o consumidor para fazer escolhas mais conscientes e contribuir para um estilo de vida mais saudável.

Novas Regras:

  • Rotulagem frontal: Símbolos pretos, brancos ou ausentes na parte da frente da embalagem indicam alto, moderado ou baixo teor de açúcar, gordura saturada e sódio.
  • Tabela nutricional reformulada: Mais clara, com informações mais acessíveis e fáceis de entender.
  • Lista de ingredientes: Detalhada, com destaque para ingredientes adicionados, como açúcares e gorduras.
  • Alegações nutricionais: Mais rigorosas e com restrições para produtos com alto teor de nutrientes críticos.

Brechas da lei:

Após seis anos de intensas disputas, as novas regras de rotulagem finalmente foram aprovadas, trazendo à tona uma batalha entre a indústria alimentícia e defensores da saúde pública.

Apesar dos esforços da indústria para influenciar as regulamentações, inclusive tentando introduzir o modelo do semáforo, a Anvisa optou por um caminho intermediário ao criar o modelo da lupa.

Esta abordagem, embora menos rigorosa do que as recomendações da comunidade científica e órgãos como a Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) e a Organização Panamericana de Saúde (Opas), deixou lacunas que permitem à indústria evitar a rotulagem frontal, dificultando assim a identificação de produtos ultraprocessados pelos consumidores.

Segundo O Joio e o Trigo, um levantamento realizado pelo Idec revelou que diversos produtos que receberiam alertas frontais de acordo com os critérios da Opas escapariam da lupa da Anvisa no Brasil, gerando preocupações sobre a transparência na informação ao consumidor e o impacto na saúde pública.

Os rótulos precisam conter esses alertas (Reprodução: Internet)
Os rótulos precisam conter esses alertas (Reprodução: Internet)

O modus operandi da indústria 

A indústria alimentícia, insatisfeita com as regulamentações de rotulagem, não apenas trabalhou para enfraquecer as normas, mas também lançou uma campanha para desviar o foco da atenção sobre o modelo da lupa.

Embora intitulado “Olho na Lupa”, o projeto criado pelas associações representativas das corporações apresenta conteúdo substancialmente distinto do projeto “De Olho nos Rótulos” do Idec, que destaca as consequências do consumo de produtos e alerta sobre a ausência da lupa não garantir a saúde dos alimentos.

Em contraste, a indústria enfatiza as mudanças na tabela nutricional e a discrepância entre o volume da porção consumida e o utilizado como referência para aplicar a lupa, apesar de conquistar vitórias, encarando a nova rotulagem como uma derrota.

O que fazer se encontra alimentos sem o novo rotulo?

Encontrar alimentos sem o novo rótulo frontal obrigatório pela Anvisa, que entrou em vigor em 18 de outubro de 2023, pode gerar dúvidas e insegurança na hora da compra. Mas não se preocupe, existem algumas medidas que você pode tomar para garantir escolhas alimentares mais saudáveis, mesmo diante desses produtos:

Produtos fabricados antes de 18 de outubro de 2023: podem não ter o novo rótulo, pois a obrigatoriedade se aplica apenas a partir dessa data. Nesses casos, busque informações nutricionais na tabela nutricional tradicional, localizada no verso da embalagem.

Produtos fabricados a partir de 18 de outubro de 2023: devem obrigatoriamente ter o novo rótulo frontal. Se encontrar algum produto sem o rótulo atualizado, denuncie à Anvisa para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

🚨 Celso, Patrícia e Rebeca em novo programa + Domingão em 2 partes cancelado + Demissão no SBT        

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Eu sou Wellington Silva, tenho 26 e sou apaixonado pelo mundo dos famosos e reality shows. Tenho formação em Técnico em Redes de Computadores pela EEEP Marta Maria Giffoni de Sousa e me considero redator por vocação. Sou aficionado pela vida dos artistas. Já trabalhei em sites focados em artistas musicais e atualmente trabalho em sites focados nas celebridades no geral. Faço matérias com foco em reality shows, salários dos famosos, cantores, e como um bom noveleiro que sou, sobre as grandes novelas. Posso ser encontrado nas redes sociais como: @ueelitu