Globo Malhação Novelas

Novela da Globo ironiza Bolsonaro com personagem que defende volta da ditadura

Novela Malhação, da Globo, discutiu volta da ditadura, uma suposta indireta a Bolsonaro. (Foto: Montagem/Reprodução)
Novela Malhação, da Globo, discutiu volta da ditadura, uma suposta indireta a Bolsonaro. (Foto: Montagem/Reprodução)

Malhação, da Globo, exibe cena com jovem que defende ditadura e internautas apontam crítica indireta a Bolsonaro

Não é novidade que a Globo decidiu bater de frente com seu público mais conservador ao abordar temas progressistas e considerados polêmicos, chegando, por vezes, até a criticar as ideias conservadoras de forma direta ou indireta. E no centro de tudo isso está o presidente Jair Bolsonaro.

Crítico da Globo, Bolsonaro também se torna alvo da emissora carioca, que em algumas ocasiões ataca o presidente, seja através das suas novelas ou programas humorísticos. Os apoiadores do político, que também se tornaram mais ativos e críticos à Globo após a popularização de Bolsonaro, também viraram alvos do canal.

Nesta quarta-feira (02), por exemplo, um capítulo da atual temporada de Malhação (Toda Forma de Amar) deu o que falar ao abordar temas políticos. Thiago, personagem vivido por Danilo Maia, entrou em conflito de ideias com a namorada, Jaqueline (Gabz), após a morte do pai, que foi assassinado por bandidos.

O personagem, que já comprou uma arma de forma ilegal alegando “legítima defesa” e apoiou a pena de morte para menores infratores, agora passou a defender a volta da ditadura. Thiago ainda contestou a Declaração dos Direitos Humanos, adotada pela ONU em 1948, e foi rebatido por Jaqueline.

+ Sandra Annenberg tem verdade cruel dita por ex-funcionário da Globo, que expõe podres: “Deselegante”

+ Angélica pode ser demitida da Globo por culpa de Luciano Huck e situação do casal é problemática

“Eu sinto muito por você, pela Raíssa e pela tia Carla. Imagina, ter um pai morto por um bandido! Mas Direitos Humanos não é para resolver a violência! É uma questão de humanidade!”, explicou a jovem. Revoltado, Thiago revelou uma opinião radical: “Humanidade é acabar com a bandidagem, Jaqueline. Talvez eu acho que a única saída mesmo é a ditadura. Acho que a democracia já deu”.

+ Bailarina do Faustão é demitida de forma humilhante, dá a volta por cima e surge ao vivo na Globo

A namorada, no entanto, não se conformou com a opinião do jovem. “Olha só, a sua opinião a favor de pena de morte e de ditadura eu não vou aceitar”, declarou. Thiago então tentou contornar a situação: “Vamos fazer o seguinte? Eu voto para a gente ficar numa boa no nosso namoro e deixar esse papo de política para lá. Pode ser?”.

Jaqueline, no entanto, ironizou o companheiro: “Como assim vota? Você não acredita em democracia! Seu voto não vale de nada, tá?”.

Nas redes sociais, muitos internautas apontaram esse diálogo como uma crítica indireta da novela da Globo a Bolsonaro e boa parte dos seus apoiadores, que já demonstraram ser a favor da ditadura militar (1964-1985).

Essa não é a primeira vez que Malhação se torna alvo de polêmica entre os apoiadores do presidente. Recentemente, por exemplo, internautas conservadores resgataram uma cena da temporada 2015/2016 da novela da Globo, em que uma adolescente sugere ter um filho com dois homens, e a usaram para atacar a emissora carioca, alegando uma afronta aos valores tradicionais.

Thiago (Danilo Maia) e Jaqueline (Gabz) em cena de Malhação. (Foto: Reprodução)
Thiago (Danilo Maia) e Jaqueline (Gabz) em cena de Malhação. (Foto: Reprodução)

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Renan Santos

Atuando também como roteirista de TV e cinema, Renan é redator e colunista do TV FOCO desde 2014, noticiando e criticando o mirabolante e imprevisível universo televisivo e dos famosos.