TV Foco

Novelas permanecem como as maiores audiências da TV aberta

A novela “Passione” continua como o programa mais assistido da Globo e se mantém, na média, no confortável patamar dos 50% de share. Com metade do público do horário, a trama de Silvio de Abreu investe em ritmo, um certo mistério e no humor. Aliás, o núcleo de Irene Ravache, Gabriela Duarte e Francisco Cuoco tem roubado facilmente a cena e garantido boas sequências ao telespectador. Nesta segunda-feira, a novela fechou com 36 pontos em São Paulo e a aposta da equipe é que a audiência aumente com a chegada da família de Totó ao Brasil e com a morte de uma importante personagem. O desempenho comercial de “Passione” é outro fator muito valorizado na Globo, uma vez que são muitas as ações de merchandising em seus capítulos.
“Ti-Ti-Ti” também é muito bem avaliada pelos executivos da Globo.

O remake assinado por Maria Adelaide Amaral tem audiência estabilizada na faixa dos 31 pontos, o equivalente a 45% do público do horário. A novela tem a seu favor uma história que marcou época na televisão brasileira e que permanece como referência de qualidade. Além disso, o elenco escalado para “Ti-Ti-Ti” tem garantido boas cenas. Maria Adelaide Amaral prepara muitas homenagens estão previstas a Cassiano Gabus Mendes através de participações especiais e resgate de personagens marcantes de outras novelas do autor.

“Escritos nas Estrelas”, com share na casa dos 46% (26 de média na segunda-feira), é outra boa surpresa desta temporada de telenovelas. A história espiritualista agradou aos mais variados telespectadores, que também se envolvem com as histórias ligadas aos núcleos de humor. Há quem afirme que o triângulo amoroso formado por Judite, Guilherme e Mariana também envolveu o público, principalmente pela boa interpretação de Carolina Kasting, que está muito bem no papel da mulher que faz de tudo para prender o marido apaixonado por outra. Carol Castro também conseguiu achar um tom interessante para a sua personagem, tanto que são muitas as telespectadoras que identificam com Mariana.

Na Record, “Ribeirão do Tempo” também passa por boa fase e se mantém, aqui em São Paulo, entre 8 e 11 pontos, equivalente a 18% do público do horário (dados da segunda-feira, 09 de agosto). Marcílio Moraes construiu uma história interessante, que mistura críticas políticas com aventura, romance e humor. Os encontros e desencontros de Joca e Arminda chamam atenção do público, que também se surpreende cada vez mais com detalhes do passado de Madame Durrel. A novela, que tem garantido melhores resultados no Rio de Janeiro, é mais uma prova de que a emissora e tem metas de audiência e faturamento para sua dramaturgia.

“Uma Hora com Amor” entra em sua reta final com índices equilibrados. Nesta segunda-feira, o remake assinado por Tiago Santiago marcou 7 pontos de média, o equivalente a 11% do público do horário. A novela conseguiu melhorar o desempenho da dramaturgia do SBT, mas infelizmente será substituída por uma reprise a partir da semana que vem, quando começa o horário eleitoral. Sem a manutenção de uma novela inédita no ar, fica muito difícil criar no telespectador o costume de assistir teledramaturgia na emissora. “Uma Rosa com Amor” cumpriu sua função, não deixou a desejar nas interpretações e explorou muito a fotografia. Ainda no SBT, em horário nobre, “Ana Raio e Zé Trovão” fechou nesta segunda-feira com 7 pontos de média, o equivalente a 11% de share.

Parabólica JP

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco