QUAL É?!

Extinto após 20 anos e um dos mais vendidos da história: O adeus de carro popular por causa do Renault Kwid

21/05/2024 às 6h20

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
O adeus de carro popular da Renault causado pela vinda do Kwid (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco/Canva/Pinterest)

E um carro muito popular e amado entre brasileiros da marca Renault acabou dando adeus, 20 anos depois do seu primeiro lançamento, por causa da chegada de outro queridinho da montadora: O Kwid.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Estamos falando do Renault Clio, lançado pela primeira vez no Brasil em 1996 e que saiu de linha em 2016, pouco tempo depois do lançamento do Kwid em 2017.

De acordo com o portal UOL, o Kwid tem uma importância gigantesca no país e foi considerado o substituto do Clio, cujo qual foi um dos mais vendidos na história da marca.

Renault Clio Campus (Reprodução/Internet)
Renault Clio foi um dos carros mais vendidos da história Reprodução/Internet)

Gigante para a Renault

Até então, ele que era apenas vendido por meio de importação, acabou ganhando uma nova geração, em 1999 e passou a ser feito em São José dos Pinhais (PR).

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


De acordo com o Auto Esporte, na época, ele era o que tinha de mais moderno em comparação aos rivais e oferecia itens como airbags em todas as versões, bem antes da legislação exigir o equipamento.

Veja também

Em 2007, já sem tanto fôlego, teve a produção enviada para a Argentina, de onde saíram quase 550 mil carros desde então.

Renault Kwid é um dos mais vendidos no Brasil (Reprodução: Internet)
Renault Kwid acabou substituindo o Clio no Brasil Reprodução: Internet)

Porém, de lá para cá, o carro foi “empobrecido”, em processo contrário ao que sofreu o Clio europeu, que cresceu e ganhou novas gerações*

(Para saber mais do assunto, clique aqui)

A medida que a concorrência se modernizou (e o Clio não), a Renault deixou o hatch cada vez mais despojado de equipamentos, fazendo dele um forte competidor em preço de compra.

Já no final de sua trajetória, era vendido em versão única, com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos e motor 1.0 de 77 cavalos.

Como mencionamos, o Kwid acabou tomando o seu lugar, e até hoje é reconhecido como um dos carros mais em conta do mercado.

Quanto custa um Renault Kwid em 2024?

Inclusive o modelo Renault Kwid 2024 já está disponível nas concessionárias da montadora francesa.

Como dissemos, assim como o Clio, o Kwid tem uma popularidade absurda e fez jus a substituição.

Atualmente o Renault Kwid é o carro popular com menor preço no Brasil (Reprodução - Renault)
Atualmente o Renault Kwid é o carro popular da Renault com menor preço no Brasil (Reprodução – Renault)

Fora isso ele é considerado um dos carros zero km mais baratos do Brasil, ficando atrás somente do Fiat Mobi.

Conforme exposto pelo Terra, ele parte de R$ 59.890 na versão de entrada Zen e chega a R$ 139.990 na versão elétrica E-Tech.

Em 2023, o hatch é o carro mais vendido da montadora francesa no país.

De acordo com a Fenabrave, o Kwid vendeu 42.848 unidades até setembro deste ano, sendo 5.032 delas só no último mês.

🚨 Ex de Nahim em gu3rra com filha do cantor + Faustão e Fernanda Montenegro esnobam a Globo + Fraude de Matteus 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida. Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever. Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras. Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ... Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.