Colunas Foco na TV

O dia em que Silvio Santos virou ator e apareceu em novela da concorrência com estrelas “globais”; assista

Silvio Santos gravou participação especial na novela Carmen. (Foto: Montagem/Reprodução)
Silvio Santos gravou participação especial na novela Carmen. (Foto: Montagem/Reprodução)

Hoje conhecido pelo seu estilo mais reservado, Silvio Santos já gravou participação em uma novela da extinta TV Manchete, em 1987

Mesmo sendo considerado o principal ícone da televisão brasileira, com décadas de experiência, Silvio Santos é hoje conhecido pelo seu estilo bastante reservado, e se limita a surgir publicamente apenas nas gravações dos seus programas no SBT.

Nos últimos anos, por exemplo, surgiram inúmeros pedidos de entrevistas ao apresentador, que se esquiva delas como pode, chegando, até mesmo, a usar argumentos sobrenaturais e supersticiosos para justificar a recusa a esses convites: segundo o empresário, uma cartomante lhe disse que “o dia em que ele conceder uma entrevista novamente, estará morto”.

+ Suposto romance, brigas e acusações: como Xuxa e Marlene Mattos foram de uma parceria de sucesso à separação conturbada

Porém, em outras épocas, Silvio Santos já foi uma figura para lá de engajada com o público, sendo mais flexível para conceder entrevistas, tentando emplacar na carreira política e até participando de atrações de emissoras rivais.

+ Sucesso com A Dona do Pedaço, Walcyr Carrasco já enganou Silvio Santos e escreveu novela escondido para concorrente

Apesar de concorrentes diretas em 1987, a TV Manchete e o SBT tinham uma boa relação, tanto, que uma das novelas da Manchete chegou a contar com uma participação especial do próprio Silvio Santos.

Em uma espécie de crossover raro na televisão brasileira, o dono do SBT se arriscou como ator e gravou uma sequência da reta final da novela Carmen, exibida no horário nobre da Manchete naquele mesmo ano.

Isso não chegou a exigir tanto de Silvio Santos, uma vez que o apresentador surgiu apenas no palco do seu próprio programa, simulando mais uma edição do quadro Namoro na TV, que fazia bastante sucesso na época.

+ Se Joga não está sozinho: os programas da Globo que passaram vexame e fracassaram na audiência

Silvio Santos recebe no palco Hélio (Camilo Bevilacqua), que havia conhecido Creuza (Bia Sion) através do próprio programa, e surge ao lado da amada para celebram, diante do público, o início de um noivado.

A aparição de Creuza surpreende e revolta a mãe, Izaltina (Liana Duval), que vê tudo pela TV, mas queria estar presente para conhecer Silvio Santos pessoalmente, e ainda demonstra descontentamento pelo fato da filha estar firmando compromisso com aquele homem.

Participação de Silvio Santos na novela ganhou destaque em revista e jornais da época. (Foto: Reprodução/O Baú do Silvio/Blog Bia Sion)
Participação de Silvio Santos na novela ganhou destaque em revistas e jornais da época. (Foto: Reprodução/O Baú do Silvio/Blog Bia Sion)

Tempos depois, em seu blog pessoal, Bian Sion relatou o encontro com Silvio Santos e deu detalhes da gravação. “Fui a São Paulo junto com a Gloria [Perez] e o Luiz Fernando Carvalho [o diretor], e nos bastidores do programa conversamos com as candidatas reais [do programa]. Pude arrecadar várias informações verídicas e utilizá-las na hora. Improvisei a cena frente a frente com Silvio Santos e sua famosa plateia. Ele me entrevistou como se realmente eu fosse uma candidata, imaginem, eu como Creuza, contracenei com um personagem real”, escreveu a atriz.

+ Em 2003, Gugu quase enterra carreira com escândalo e falsa entrevista com bandidos no SBT

A parceria acabou sendo interessante para as duas emissoras, pois além de chamar a atenção do público da novela da Manchete para a participação de Silvio Santos, também promoveu o programa do apresentador no SBT.

Um fato curioso é que a novela contou com a participação, tanto na frente como por trás das câmeras, de vários profissionais que estavam em início de carreira e que mais tarde se tornariam grandes nomes da Globo, entre eles o próprio diretor Luiz Fernando Carvalho, Lucélia Santos, Paulo Betti, Beatriz Segall e José Wilker, que também trabalhou na novela como diretor.

+ Último capítulo de Avenida Brasil mexeu com Dilma e Lula e quase causou apagão por audiência espantosa

Além disso, Carmen foi escrita por Gloria Perez, hoje considerada a principal autora de novelas da Globo. O folhetim, aliás, é o único que a novelista assinou fora da emissora carioca até hoje.

+ O dia em que o elenco de Chaves animou festa do traficante Pablo Escobar: “Ofereceu 1 milhão de dólares”

Baseada na obra homônima de Prosper Mérimée, lançada em 1845, Carmen teve 180 capítulos. A novela chegou a ser reprisada pela Manchete, de forma compacta, dois anos após o seu encerramento, em 1990. Curiosamente, com a extinção da Manchete, em 1999, os direitos de exibição da novela foram herdados pelo SBT.

Assista a cena de Carmen que conta com a participação de Silvio Santos:

Barracos, traição e muita fofoca ao vivo no canal do TV FOCO no YOUTUBE. INSCREVA-SE

TV Foco no Youtube

Sobre o autor

Renan Santos

Atuando também como roteirista de TV e cinema, Renan é redator e colunista do TV FOCO desde 2014, noticiando e criticando o mirabolante e imprevisível universo televisivo e dos famosos.