Agora

Agora

Descanse em paz: O fechamento de rede gigante, rival do Cinemark, em shopping após mais de 2 décadas

Rede gigante, rival do Cinemark, fechou as portas (Foto: Reprodução/ Internet)
Rede gigante, rival do Cinemark, fechou as portas (Foto: Reprodução/ Internet)

Rede de cinema gigante fechou as portas

Abrir um negócio não é uma das tarefas mais fáceis do mundo. Isso porque uma série de situações podem levar o fim de um grande empreendimento. Dessa vez, por exemplo, falaremos sobre o fechamento de uma rede gigante, rival do Cinemark, em um prestigiado shopping.

Para quem não sabe, estamos falando sobre o cinema Cinesystem. Ele fechou para o público no Shopping Curitiba, localizado no centro da capital paranaense. Um dos mais antigos da cidade, a decisão de fechamento partiu de negociações entre o shopping e a operação.

De acordo com informações do portal Tribuna Paraná, o Cinesystem seguirá operando em outros dois shoppings de Curitiba: Cidade e Ventura. Aliás, no Shoppping Curitiba, o Cinesystem operava com seis salas e, quando foi inaugurado, chegou para modernizar os cinemas.

Rede de cinema rival do Cinemark fechou as portas (Foto: Reprodução/ Internet)
Rede de cinema rival do Cinemark fechou as portas (Foto: Reprodução/ Internet)

Qual rede de cinema luta para sobreviver?

Fundado em 1995, a Cineworld é considerada a segunda maior rede de cinemas do mundo, mas a pandemia acabou afetando de maneira significativa a empresa, o que fizessem que acumulassem uma dívida bilionária absurda.

De acordo com o portal ‘Terra’, a rede, em junho de 2022, tinha uma dívida superior a 40 bilhões de reais, incluindo passivos e arrendamento, já que teve que ficar com suas portas fechadas por longos meses.

Veja também

Por conta dessa drástica situação, segundo o site ‘Uol’, a Cineworld entrou com um pedido de falência, no Estados Unidos, em setembro de 2022, com um plano de reestruturação para tentar sanar as dívidas.

A Cineworld e algumas de suas afiliadas iniciaram um processo de proteção contra falência (Capítulo 11) no tribunal federal de falências do Distrito Sul do Texas”, disse o grupo em comunicado divulgado pela Bolsa de Valores de Londres.

A empresa chegou a cogitar sua venda, mas por não ter compradores interessados no Estados Unidos, e está com um novo plano de reestruturação e firmando novos acordo com os credores.

Esse acordo com nossos credores representa um ‘voto de confiança‘ em nossos negócios e avança significativamente a Cineworld em direção ao alcance de sua estratégia de longo prazo em um ambiente de entretenimento em transformação”, disse Mooky Greidinger, presidente-executivo.

A empresa tenta se reerguer e quitar as dívidas com seus credores (Reprodução: Internet)
A empresa tenta se reerguer e quitar as dívidas com seus credores (Reprodução: Internet)

Assuntos

cinema

Quem escreve

Kelves Araújo

Eu sou Kelves Araújo, graduando em Engenharia de Produção Civil pelo IFCE. Apaixonado pelos bastidores da TV, gosto de acompanhar a vida dos famosos e escrever a respeito. Atuo na área desde o ano de 2019, e exerço meu trabalho com muito entusiasmo por gostar do que faço. Minhas redes sociais são: e-mail: kelvis.oliveira@otvfoco.com.br