EITA

Falência: O fim de um dos celulares mais conhecido pelos brasileiros que deu adeus e sumiu do mapa

17/05/2024 às 11h13

Por: Larissa Caixeta
Imagem PreCarregada
O fim de um celular muito famoso que deu adeus e sumiu do mapa (Foto: Divulgação)

Um dos celulares mais amados pelos brasileiros cravou sua despedida e sumiu para sempre

Um grande fato é que manter um negócio funcionando não é nem de longe uma tarefa fácil, isso porque várias coisas podem acabar levando uma empresa ao fim. Levando em conta a atual situação financeira e econômica no Brasil, ainda se recuperando da pandemia da Covid-19, sendo assim, muitas empresas estão pedindo recuperação judicial e até mesmo falência. Neste sentido, falaremos sobre uma marca de celular que encerrou suas atividades.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Contudo, se engana quem pensa que esse é um problema atual e só chegou pós-pandemia. A verdade é que grandes empresas do passado, também enfrentaram crises, e precisaram fechar suas portas. Como, por exemplo, quando aconteceu o fim de um dos celulares mais conhecidos pelos brasileiros, que deu adeus e sumiu do mapa, em decorrência da falência de sua marca em 2007.

Para melhor entender, estamos falando dos aparelhos telefônicos da Siemens. Segundo o ‘UOL’, a empresa alemã fez fortes investimentos no Brasil entre 1990 e 2000. Vale dizer que, os celulares da marca foram uma verdadeira febre em todo o país, principalmente no início deste século.

A marca de celular era um fenômeno na época (Foto: Divulgação)
A marca de celular era um fenômeno na época (Foto: Divulgação)

Podemos até dizer que os aparelhos da marca eram considerados os ‘iPhones’ brasileiros naquela época. Inclusive, o famoso celular A4, chegou a ter um apelo forte para o público infanto-juvenil com a comercialização do Oi MTV e do Oi Xuxa. Com sua grande popularidade, a Siemens ainda conseguiu emplacar os modelos A50, M55 e até mesmo o SL45.

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


O fim

Contudo, a era de sucesso não durou e acabou chegando ao fim em 2007. Mesmo tendo se comprometido em prosseguir a produção em sua filial alemã, a então responsável pela fabricação dos celulares declarou falência cerca de um ano depois. Assim, os celulares se despediram do Brasil e sumiram do mapa.

Veja também

Siemens A50 e SL45 (Foto: Reprodução/ Internet)
Siemens A50 e SL45 (Foto: Reprodução/ Internet)

Vale dizer que, segundo o portal ‘DW’, a marca Siemens foi vendida a fabricante taiwanesa BenQ, em 2005. Que descaracterizou a empresa, passou a utilizar o nome BenQ-Siemens, após finalizar um acordo com a antiga proprietária da companhia. Continuando as produções na Alemanha, mas acabou pedindo falência e encerrando de vez as atividades.

Qual o celular mais vendido do mundo?

Segundo o portal ‘Tudo Celular’, é que o celular mais vendido do mundo em 2023 foi o iPhone 14 Pro Max com 34 milhões de unidades. Em segundo lugar vem o iPhone 15 Pro Max (33 milhões), seguido pelo iPhone 14 (29 milhões).

O iPhone 14 Pro Max foi o celular mais vendido em 2023 (Foto: Divulgação)
O iPhone 14 Pro Max foi o celular mais vendido em 2023 (Foto: Divulgação)

🚨 Didi na Globo + Ana Maria explode em indireta contra Global + Funcionária de Davi DETONA ele e irmã 

NOS SIGA NO INSTAGRAM

Logo do TvFoco

TV FOCO

📺 Tudo sobre TV e Famosos que você precisa saber.

@tvfocooficial

SEGUIR AGORA

Prazer, eu sou a Larissa Caixeta e se tem uma coisa que eu amo é escrever sobre os bastidores da TV, e tudo o que acontece pelo mundo. Integro a equipe do TV Foco desde 2023 e falo sobre os mais diversos assuntos por aqui, como famosos, carros, futebol, entre outras curiosidades. Estou sempre antenada aos os últimos acontecimentos e atuo com muito entusiasmo no meu trabalho.

Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.