O Tempo Não Para

NovelasO Tempo Não Para

O Tempo Não Para: Betina e Zelda são presas por escravizar colombianos e bolivianos

Betina (Cleo) e Zelda (Adriane Galisteu) em cena de O Tempo Não Para (Foto: Reprodução/Globo)
Betina (Cleo) e Zelda (Adriane Galisteu) em cena de O Tempo Não Para (Foto: Reprodução/Globo)
Betina (Cleo) e Zelda (Adriane Galisteu) em cena de O Tempo Não Para (Foto: Reprodução/Globo)
Betina (Cleo) e Zelda (Adriane Galisteu) em cena de O Tempo Não Para
(Foto: Reprodução/Globo)

Zelda (Adriane Galisteu) e Betina (Cleo) acabarão presas pela escravidão dos nossos vizinhos de América do Sul na novela O Tempo Não Para.

Zelda explorará ilegalmente a mão de obra de bolivianos e colombianos em sua grife, como informa a jornalista Carla Bittencourt. Betina (Cleo), que acabará de se associar a Larocque sem saber do crime da amiga, acabará em cana junto.

+ De volta em Espelho da Vida, Rômulo Arantes descarta rótulo de galã, diz que não é espírita e fala sobre romance com atriz da Globo

Por causa da prisão de Betina, as ações da Samvita caem e Samuca (Nicolas Prattes) terá grandes problemas. Na verdade, tudo não passará de um plano de Amadeu (Luiz Fernando Guimarães) para desvalorizar a empresa de Samuca.

Adriane Galisteu (Zelda) em cena de O Tempo Não Para (Foto: Reprodução/Globo)
Adriane Galisteu (Zelda) em cena de O Tempo Não Para
(Foto: Reprodução/Globo)

“Tudo correndo como o senhor planejou. A Betina seguiu o meu conselho de investir na Larocque. Isso fez dela sócia e cúmplice de uma criminosa”, declarará Mariacarla (Regiane Alves). A Samvita terá um rombo de 100 milhões de dólares. “Uma sócia da Samvita metida com trabalho escravo. Não tem como reverter essa situação”, lamentará Samuca.

Veja também

VÍDEO YOUTUBE: Juliette RESPONDE Samantha Schmütz após ser humilhada: "SOU SIM"

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários