O QUE ESTÁ ACONTECENDO?!

De império à crise: A luta de varejista ícone contra o terror da falência cravada às pressas no Jornal Band

18/06/2024 às 6h20

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Varejista gigantesca atravessa crise e situação é noticiada na Band (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/TV Foco/Canva/)

Varejista amada, dona de uma das marcas ícones passa pelo terror da falência e situação foi confirmada no Jornal da Band

Em meados de abril de 2023, uma poderosa varejista e dona de um dos maiores ícones em produtos, trouxe à tona a situação alarmante em que se encontra e sua luta contra a falência.

Estamos falando da icônica marca Tupperware, fundada em 1946 e ficou mundialmente reconhecida pela qualidade e sofisticação ao criar potes de armazenamento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inclusive, sua reputação e nome é tão relevante que o fato chegou a ser confirmado através de uma edição do Jornal da Band, naquele mesmo mês.

A jornalista Paloma Tocci , iniciou a reportagem com dizeres impactantes sobre o que estaria acontecendo com essa marca tão amada:

Continua após o Veja Também

Veja também

“Quem não gosta daqueles potes bacanas para guardar comida? Mas eles são tão caros que a gente acaba se virando mesmos com os potes de sorvete.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A necessidade de economizar, é um dos motivos que colocou em risco de falência a empresa mais famosa desse setor” – Finalizou ela

Preferência nacional

Com certeza você já deve ter ouvido, em algum momento da sua vida, a icônica frase: “Devolva as minhas Tupperware’s”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Isso porque a marca ficou tão enraizada, que qualquer potinho, mesmo não sendo da marca, acaba levando o seu nome.

E quando se tratavam das originais, era um corre-corre ainda maior para conseguir recuperar os potes emprestados.

Afinal de contas, como parafraseou a jornalista , Paloma Tocci, esses potes: “posuem um valor alto no mercado

Infelizmente, após quase 80 anos existindo como um verdadeiro império e considerada como uma verdadeira preferência nacional, a marca chocou o mercado ao admitir a crise publicamente e ao expor sobre o risco eminente em falir …

Tal anúncio foi feito através de um documento aos investidores, trazendo à tona um impacto devastador nas ações da empresa.

Na época ela caiu quase 50% em um único dia, lançando uma escuridão sobre o futuro da gigante dos potinhos.

Comunicado de crise …

De acordo com o portal EXAME, o presidente da empresa, Miguel Fernandez, expressou preocupação com a situação financeira da Tupperware:

“A Tupperware embarcou em uma jornada para recuperar nossas operações. O dia de hoje marca um passo crítico para lidar com nossa posição de capital e liquidez”– Iniciou ele que continuou:

“A empresa está fazendo tudo ao seu alcance para mitigar os efeitos dos eventos recentes e estamos tomando medidas imediatas para buscar financiamento adicional e resolver nossa situação financeira” -Revelou o executivo.

Segundo o portal Startse, a empresa possuía dívidas absurdas em mais de US$ 200 milhões, o equivalente a quase R$ 1 bilhão na cotação atual, e seu valor de mercado em 2023 era de US$ 57 milhões.

Fora isso as finanças da Tupperware estavam em queda livre caindo cada vez mais também.

Só naquele ano de 2023, a empresa registrou uma receita de apenas US$ 1,7 bilhão, em comparação com os gloriosos US$ 2,7 bilhões de uma década atrás, como relatado pelo jornal Financial Times.

Desafios …

Não precisa entender muito de mercado para saber que, cada vez mais, as ofertas vindas da china têm dificultado a vida de comerciantes locais e a Tuppeware não fica de fora.

Afinal de contas, eles conseguem oferecer um produto com qualidade similar a preços esmagadores de através do e-commerce.

Essa derrocada, inclusive, ocorreu logo após um período de relativo sucesso para a marca.

Isso porque a mesma viu resultados positivos no fim de 2020, quando a pandemia obrigou as pessoas a cozinhar mais em casa.

No entanto, analistas do mercado já previam que essa seria uma tendência passageira.

No ano de 2022, com dívidas acumuladas, a empresa contratou consultores para tentar resolver sua situação financeira difícil.

A empresa admitiu que, se não conseguisse obter uma nova injeção de capital ou renegociar suas dívidas, poderia ficar sem estabilidade alguma em um futuro próximo.

Além disso, a Tupperware começou a vender suas estruturas de pessoal e de imóveis na esperança de encontrar soluções para sua crise financeira iminente.

Outro desafio para a empresa, que iniciou sua história com as vendas feitas por consultoras, desde a década de 40, foi acompanhar os avanços do e-commerce e das preferências atuais do público.

Nos anos 70, a marca se consolidou ainda mais através das famosas “Festas de Tupperware”, onde grupos de vizinhos se reuniam para ver as últimas novidades com as vendas.

Porém, com os avanços das vendas online, essa estratégia acabou perdendo a força e, desde então, a marca tem lutado para se adaptar aos novos tempos.

Qual a situação da Tupperware em 2024?

De acordo com IstoÉ Dinheiro, no inicio de 2024, a Tupperware alertou que a empresa ainda está em momento delicado e prevê liquidez inadequada para financiar operações.

Essa informação foi divulgada através de um documento apresentado ao regulador do mercado de capitais americano, no dia 29 de março de 2024.

E pela primeira vez , ela levantou dúvidas substanciais sobre sua capacidade de continuar funcionando há quase um ano.

Neste meio tempo a Tupperware tomou algumas medidas como:

  • Nomear a veterana da indústria de bens de consumo Laurie Ann Goldman como seu novo CEO;
  • Contratar o banco de investimento Moelis & Co LLC para explorar alternativas estratégicas;
  • Assinar um acordo com os credores para reestruturar as suas obrigações de dívida.

A Tupperware culpou as contínuas fraquezas materiais no controle interno sobre os relatórios financeiros,

A sua situação financeira desafiante e o desgaste significativo resulta em lacunas de recursos e competências, pelos múltiplos atrasos na apresentação dos seus relatórios anuais.

🚨 Tati Machado titular do Encontro + Estrelas intocáveis da Globo + Datena fora da Band: "Não tem dinheiro"    

à beira da falência
Destaque
Tupperware
Lennita Lee

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida.Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever.Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras.Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ...Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.