O QUE ROLOU?!

Decreto da ANVISA, venda à Coca-Cola e ressurreição da falência: 3 viradas de refrigerantes amados no país

19/05/2024 às 7h20

Por: Lennita Lee
Imagem PreCarregada
Relembre 3 viradas envolvendo grandes marcas de refrigerantes, incluindo venda à Coca-Cola, decreto da ANVISA e mais (Foto /Reprodução/Montagem/Lennita/Tv Foco/Canva/Logo.Net/Anvisa)

Relembre as 3 viradas envolvendo grandes nomes do setor de refrigerantes no Brasil e suas consequências

Coloridos, atraentes, refrescantes e deliciosos! Essas são as características que mais predominam os refrigerantes.

Siga o Tv Foco no Telegram

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Telegram

Eles estão sempre presentes nas comemorações, eventos e dia a dia de todos os brasileiros, independente de ser uma grande comemoração, almoço em família ou um simples lanche da tarde.

Apesar da infinidade de marcas existentes no mercado, sempre existem aquelas que ficam no nosso top 5 pessoal.

Porém 3 viradas envolvendo essas delícias gaseificadas marcaram para sempre a história de algumas marcas e é sobre isso que iremos falar agora!

Siga o Tv Foco no WhatsApp

Receba nossas notícias diretamente no seu WhatsApp


1- Guaraná Jesus- Vendido à Coca por “medo” da concorrente

A primeira e mais colossal virada envolve a venda do Guaraná Jesus, refrigerante de coloração rosa do maranhão, para a gigante Coca-Cola.

Veja também

De acordo com o portal Exame, o ano da transação foi em 2001 mas os dados e valores ainda são verdadeiras incógnitas para o público.

Vale mencionar que o Guaraná Jesus, chegou a se consagrar como uma das marcas mais fortes em todo o território maranhense, até por isso chamou a atenção da toda poderosa*

(Para saber mais sobre a história do Guaraná Jesus, clique aqui*)

Coca-Cola comprou o Guaraná Jesus (Foto: Reprodução/ Internet)
Guaraná Jesus foi comprado pela Coca-Cola em 2001 (Foto Reprodução/Internet)

Segundo a Istoé Dinheiro, esse feito representou até em vendas superiores ao da poderosa Coca Cola na mesma localidade, que como todos aqui sabem é consumida nos quatros cantos do mundo.

O que acabou sendo visto como algo inédito no Brasil e, talvez, no mundo, causando um certo “medo” na poderosa.

Tendo em vista isso, a proposta de venda pela Coca-Cola acabou sendo inevitável.

Após conseguir fechar o negócio, a Coca-Cola não mudou quase nada da identidade visual do refrigerante, que já era marcante justamente por ser como era.

Segundo o que foi divulgado pelo site oficial da Coca-Cola, a única coisa que a marca fez foi promover uma campanha com três opções de rótulos aonde os maranhenses puderam escolher o seu favorito no ano de 2008.

A arte vencedora foi inspirada nos azulejos coloniais portugueses típicos de São Luís.

Vale destacar que a Coca-Cola costuma respeitar os valores das marcas que adquire. Além do Guaraná Jesus, a empresa fez isso com os sucos Del Valle e a peruana Inca Kola.

Atualmente a Coca-Cola é um verdadeiro império dos refrigerantes e dona de uma grande diversidade de marcas.

(Para saber mais sobre o império da gigante*, clique aqui)

4- MAIS SABOR – Ressurgimento das cinzas após falência decretada

Conhecida pelos seus refrigerantes extremamente saborosos, como o nome já diz, a marca Mais Sabor já é figurinha carimbada na mesa de milhares de brasileiros.

Infelizmente, no dia 07 de agosto de 2023, a marca tão amada teve sua falência decretada pela Justiça do Ceará.

Apenas para relembrar, conforme exposto pelo Focus.Jur, a decisão partiu do juiz Cláudio de Paula Pessoa atendendo a um pedido de um dos credores da empresa Refrigerantes Mais Sabor, a Meplast Distribuidora de Produtos Plástico Ltda.

Mais sabor (Foto: Reprodução/ Internet)
Mais sabor reverteu a falência decretada pela justiça em 2023 (Foto: Reprodução/ Internet)

Vale destacar que a fábrica da empresa, localizada na Vila União, também foi fechada.

A Metaplast chegou a celebrar um acordo com a Mais Sabor, porém a sentença que homologou o acordo entre a credora e a devedora deixou de observar precedentes que indicavam que a empresa falida era insolvente*

Cláudio de Paula Pessoa ainda reforçou sua crença na preservação de empresas como um recurso prioritário, desde que demonstrem viabilidade econômica, desempenho operacional satisfatório e perspectivas de crescimento.

No entanto, como mencionamos acima, o caso da Mais Sabor se desenhava um tanto crítico, uma vez que o tribunal considerou que a empresa não atendia tais condições, justificando assim o deferimento do pedido de falência.

Das dívidas que somavam a R$ 300 milhões, de fato, R$ 7,5 milhões pertencia a empresa Meplast.

Veja abaixo o trecho da decisão na íntegra:

“Por tudo o que consta dos autos, merecem acolhimento os Embargos de Declaração da União, devendo ser tornado nulo o acordo homologado às fls. 631/637, restabelecendo a falência.

ISTO POSTO, acolho os Embargos de Declaração de fls. 659/664, para revogar a homologação do acordo de fls. 631/637, e restabelecer o decreto falimentar da empresa MAIS SABOR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE REFRIGERANTES EIRELI, devendo-se dar prosseguimento à falência, com integral cumprimento às determinações constantes na sentença de quebra, prolatada às fls. 319/332.”

Ressureição:

De acordo com o portal CBN, em fevereiro de 2024, o Tribunal de Justiça do Ceará reverteu a falência da Mais Sabor Refrigerantes e a empresa conseguiu retomar a posse da fábrica e dos demais ativos que haviam sido arrecadados pela administradora judicial.

Essa decisão foi publicada já no dia 26 de janeiro e foi ratificada no dia 5 de fevereiro de 2024.

O martelo foi novamente batido ao julgar os embargos de declaração opostos pela Administradora Judicial da Massa Falida.

Segundo o advogado da empresa, Roberto Lincoln, sócio do Braga Lincoln e Seixas Advogados, a decisão seguiu o entendimento dos tribunais superiores sobre a matéria.

Ele apontou a viabilidade da empresa e cita a proteção dos postos de trabalho e da cadeia produtiva em torno da indústria.

A empresa emprega diretamente mais de 200 funcionários.

3- Substância em refrigerantes cítricos PROIBIDA pela ANVISA:

Para finalizar o trio, em novembro do ano de 2023, a Food and Drug Administration (FDA), entidade de vigilância sanitária dos EUA, estudou proibir o óleo vegetal bromado, um componente usado em diversos refrigerantes, principalmente os cítricos.

De acordo com a Revista Fórum, o óleo vegetal bromado atua como um emulsificante para refrigerantes cítricos, evitando a separação de ingredientes após o envasamento das bebidas.

Refrigerantes que marcaram gerações sumiram do mercado (Foto Reprodução/Internet)
O óleo bromado ainda é encontrado em refrigerantes nos EUA (Foto Reprodução/Montagem/Lennita/Pinterest)

Porém, aqui no Brasil, esse óleo vegetal bromado já é proibido pela Anvisa há anos e não é utilizado pelas grandes companhias de bebidas.

Contudo, segundo apurações feitas nos principais sites de notícias, ele continua presente em diversos países do mundo, como os EUA.

O que é óleo vegetal bromado?

O óleo vegetal bromado (OVB) é um composto químico sintetizado a partir de óleo vegetal (geralmente de milho ou soja) ao qual são adicionados átomos de bromo.

Sua principal aplicação é atuar como emulsificante em refrigerantes com sabor cítrico, impedindo que os ingredientes se separem durante o transporte e armazenamento.

A concentração típica de OVB usada na indústria de refrigerantes é de aproximadamente 8 partes por milhão (ppm).

É importante ressaltar que o uso do OVB pode apresentar riscos à saúde.

Este composto químico pode causar danos ao sistema nervoso, à pele e aos órgãos internos quando ingerido ou exposto de forma significativa.

Além disso, há evidências de que o OVB pode afetar a função da tireoide, o que o torna particularmente preocupante para mulheres grávidas e lactantes.

🚨 Desfecho de Huck na Globo após 24 anos + Estrela do SBT sofre h3morragia + Homem diz ser filho de Chrystian   

Autor(a):

Meu nome é Lennita Lee, tenho 32 anos, nasci e cresci em São Paulo. Viajei Brasil afora, e voltei para essa cidade, afim de recomeçar a minha vida.Sou formada em moda pela instituição "Anhembi Morumbi" e sempre gostei de escrever.Minha maior paixão sempre foi a dramaturgia e os bastidores das principais emissoras brasileiras.Também sou viciada em grandes produções latino americanas e mundiais. A arte é o que me move ...Atualmente escrevo notícias sobre os últimos acontecimentos do cenário econômico, bem como novidades sobre os principais benefícios e programas sociais.

Botão de fechar
Utilizamos cookies como explicado em nossa Política de Privacidade, ao continuar em nosso site você aceita tais condições.