Análise em Foco Globo Opinião Órfãos da Terra TV Foco

Órfãos da Terra tem final previsível e perde ótima chance de emplacar na Globo

A atriz Julia Dalavia,que deu vida a Laila termina Órfãos da Terra com um discurso emocionante. (Imagem: Reprodução)
A atriz Julia Dalavia,que deu vida a Laila termina Órfãos da Terra com um discurso emocionante. (Imagem: Reprodução)

Com primeira fase eletrizante, Órfãos da Terra foi perdendo o gás aos poucos e mostrou que realmente a trama deveria ter sido exibida em outro horário na Globo.

Órfãos da Terra, novela das seis, perdeu uma ótima oportunidade de emplacar na Globo. Com uma primeira fase de tirar o fôlego, cheia de finais de capítulos com ótimos ganchos e com as perfeitas interpretações de Herson Capri como vilão Azis e Letícia Sabatella vivendo um amor impossível, a trama de Duca Rachid e Thelma Guedes se perdeu ao longo da exibição e deixou os fãs com vontade de ressuscitar o antagonista.

+Alice Wegmann revela a dificuldade em cenas fortes de sua vilã em Órfãos da Terra: “Sai da Globo chorando”

+Cid Moreira comemora 92 anos, muda de profissão e dispara reflexão sobre sua vida: “estágio final”

+Flávio Bolsonaro, com salário de R$33 Mil, interrompe trabalho de senador para brincar no programa Mega Senha da RedeTV!

Logo depois da primeira fase, Órfãos da Terra criou uma espécie de barriga, e o triângulo amoroso central da trama acabou não acontecendo. Sobrou então para a vilã Dalila, vivida por Alice Wegmann, ditar todo o ritmo da trama de Duca Rachid e Thelma Guedes. As primeiras cenas da trama mostrando todo o drama de refugiados foi bem impactante. A princípio, a trama foi pensada para ser uma novela das 23h, depois passou para as 21h. Mas a decisão do diretor de teledramaturgia, Silvio de Abreu, pediu para que as autoras adaptassem o enredo para virar uma novela das seis. E foi o que aconteceu.

Vale lembrar que foi uma boa escolha da Globo dar um respiro para uma trama contemporânea, já que o horário das seis fica praticamente reservado às novelas de época. A direção artística de Gustavo Fernandez, inserindo muitas participações de personagens reais, deu um tom mais verdadeiro e menos folhetinístico a Órfãos da Terra.

As interpretações de Eliane Giardini, Ana Cecília Costa, Marco Ricca, Paulo Betti, Osmar Prado, Flávio Migliaccio em Órfãos da Terra foram perfeitas. A função dos protagonistas ficou a desejar, não por conta dos atores, mas pelo papel que os deixava sem muita soluções para certos desfechos forçados, no entanto, Renato Góes, Júlia Dalavia e Rodrigo Simas fizeram a lição de casa e mostraram um bom trabalho. Alice Wegmann com certeza será uma das atrizes mais requisitadas da sua geração, com um rosto angelical, a atriz provou que pode muito bem defender uma vilã cruel e assassina.

Órfãos da Terra exibe beijo gay em penúltimo capítulos imagem reproduçã)
Órfãos da Terra exibe beijo lésbico em penúltimo capítulos (imagem reprodução)

No último capítulo, o discurso de Laila foi emocionante, e os atores segurando fotos dos verdadeiros refugiados e contando suas histórias provou que o tema “refugiados” ainda precisa ser muito discutido pela sociedade, e que a empatia é uma grande questão para a população. Órfãos da Terra também mostrou que está na hora da Globo promover a dupla Duca Rachid e Thelma Guedes para o horário nobre.

Os últimos capítulos de Órfãos da Terra, com beijo entre duas mulheres e também o beijo entre um padre e uma mulher, provaram que as autoras bateram de frente para desenrolar desfechos de uma novela idealizada para um horário “mais adulto”.

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Mozuka Braga

Formado em Publicidade, Rádio e TV e Teatro é um apaixonado pelo mundo do entretenimento, principalmente séries e novelas. Em 2016 também concluiu sua pós em Produção Executiva e Gestão de TV pela FMU.