TV Foco

Os ImPoSsSÍvEiS – 3° TEMPORADA INÉDITA. COMENTEM!!!

untitled

N’Os ImPoSsSÍvEiS desta semana:

-A ÍNDIA DE GLÓRIA PEREZ…

É muito diferente da Índia real.

-SEJA UM NOVO REPÓRTER DO TV FOCO!

Saiba como participar do Reality “TV FOCO REPÓRTER”!

-REPROVAÇÃO ÀS CONVERSAS PARALELAS.

O ato de maior irritação numa sala de cinema!

-A CÓPIA QUE NÃO É DA “RECÓPIA”.

A cópia melhorada do “Esquadrão da Moda” e da coluna do “NO FOCO”, escrita pelo colunista Cássyo Rueidys, aqui no TV FOCO!

-QUE NOTA ELES MERECEM?

Pânico e José Sarney disputam notas.

-TRUQUE DA SEMANA!

Novo quadro da coluna, ensina como achar cenas extras que te faz dar boas gargalhadas no DVD do filme “Procurando Nemo”.

-É FANTÁSTICO…

Novo quadro analisa as maiores besteiras que fazemos por causa da TV.

HUMOR INTELIGENTE, ALGUMAS BOBAGENS, UMA PITADA DE SACARSMO E UM LEVE TOQUE DE HUMOR ÁCIDO, AQUI NA NOVA TEMPORADA DE ASNEIRAS D’Os ImPoSsSÍvEiS, A REVISTA ELETRÔNICA DE HUMOR SOBRE TY, MAIS LIDA NO PAÍS.

>>Diálogo de Abertura: Conversas Paralelas:

Oi, no nosso momento de diálogo de hoje, falarei sobre minha total reprovação das pessoas que ficam conversando no cinema. Toda vez que vou ver um filme, tem sempre aqueles desocupados que ficam no maior lero-lero nas filas de trás! Sim, eu posso virar e pedir silêncio, fazendo o tradicional “shiiii”, mas isso é um desgaste emocional sem proporções qualificadas, pois é daí onde surge a coisa mais irritante do que as próprias “conversas paralelas”, pois os “CHATOS” começam a… COCHICHAR. Cochicho dá vontade de esganar e matar de pedra, igual matarão Reginaldo na novela da tarde. Gente, quer bater papo? Vai para um barzinho fazer um “happy hour”. Cinema é lugar de ficar quieto. Bar é onde as pessoas vão para conversar. Coisa chata! Os ImPoSsSÍvEiS estão no ar.

>>ESTREIA: CÓPIA QUE NÃO É DA RECÓPIA – 1° edição.

O novo quadro da coluna, que promete copiar tudo que presta no TV FOCO, ou na TV brasileira (também podemos abrir seção para o que não presta, mutantes, por acaso!).

-COPIANDO HOJE A COLUNA DE GRANDE SUCESSO: “NO FOCO” – NO FOCU, DOS OUTROS! “Por Cássio Rueidisisisi”

Vejamos e repensamos qual a origem e qual o sentido perdido e mal-assombrado da jornalista e apresentadora de pegadinhas sem graça, pelo seu desgaste demonstrativo, Maria Cândida, na Rede Record de Televisão, a emissora do bispo, na qual também passam horas diárias do pica-pau para tapar brechas… Brechas, não… Buracos estupefatos em sua programação que um dia estava à caminho da liderança, mas hoje busca a vice, já que seu novo contratado não passava da vice-liderança (Há, seja bonzinho, ele passava. Quando não concorria tão diretamente com o Pânico). Voltando então a esquecida Maria Cândida, que perdeu tanto valor na programação que até eu esqueci dela nesta coluna dirigida à ela, percebemos ao longo dos tempos que o seu programa de reprises repetidas, “Tudo a Ver”, já vinha ficando gasto. A rede Record, então resolveu inova-lo, juntando a apresentadora com o mais chato chef de cozinha do planeta: Olivier Anquier. A incompatibilidade dos apresentadores decaiu o programa de um modo tão drástico, que foi obrigado separa-los no nascimento, do “Programa da Tarde”. Mas, surge a esperança, o reality “Jogo do Namoro”, que apesar da boa estréia, logo foi ofuscado por causa do programa de mesmo formato que enfrentava em confronto direto. Com o tempo, a jornalista e apresentadora e esquecida foi chamada para substituir por duas semanas o ex-apresentador do “Melhor do Brasil”, Márcio Garcia, e mandou bem, mesmo com meia dúzia de piadas sem graça, que todos os apresentadores, têm que saber de cor! Surge a tão inesperada chance da apresentadora, Eliana, sái da Record e deixa um programa sem ninguém para comandar. Então quem fica com a vaga? Ana Hickiman. Modelo e apresentadora do Hoje em Dia, que concerteza não terá a desenvoltura necessária para manter-se com o público. É, queridos leitores, que nem lembram mais a primeira linha desta coluna, que antes de seu lançamento já vem sido imitada por um colunista aqui mesmo, do TV FOCO, o Cássyo. Mas lembre-se, meu nome é Cássio, sem “Y”. O Cássio do povão. O Cássio preferido do presidente, que nem sabe que letra é o “Y”, mesmo assim acrescentou no nosso alfabeto. Volto, qualquer dia desses, e como diria a filósofa Severina, mãe de Gérson: “Tudo que sobe, desce!”.

>>MATÉRIAS:

=>COMO FAZER PARA PARTCIPAR DO NOVO REALITY DO “TV FOCO”: “TV FOCO REPÓRTER”?

Você sempre teve vontade de participar do “TV FOCO”? Você sabe tudo sobre TV? Esta é sua chance de se tornar um colunista.

-Crie uma coluna, podendo ser charge ou texto, de no máximo, 30 linhas, tendo como tema principal a “TV” (novelas, seriados, programas…).

-O tipo de texto é livre, podendo ser de opinião, comédia entre outros temas.

-Salve o arquivo em “WORD 2003”, sem especificação de fonte, ou em .pdf, sendo charge, e mande, como anexo, por e-mail para o endereço: tvfoco@tvfoco.com.br .

-Os melhores, escolhidos inicialmente pela produção, serão comunicados imediatamente, via e-mail e serão avisados do dia da votação.

-Ao todo serão 3 etapas, na votação do público para à escolha do melhor:

*Na 1° os melhores textos passarão por votação no TV FOCO. Ao todo serão quatro fases, no concurso. Em cada fase o mais votado, é classificado para a segunda fase. Ao todo serão quatro classificados.

*Na 2° Fase, os quatros escolhidos passarão por nova eliminatória, com novos textos, onde sairão 2 melhores.

*Na 3° Fase, os dois mais votados da fase anterior, farão um novo texto, onde passarão pela votação final, que escolherá o novo colunista do TV FOCO.

=>HISTORINHA INDIANA SURREAL.

Antes da estréia da sua novela, a autora Glória Perez prometeu alcançar 70 pontos no IBOPE, coisa que não conseguiu. Aliás, raramente conseguiu a metade dos pontos concedidos. A novela da autora prometeu mostrar a cultura indiana, mas, na verdade mostrou uma cultura fictícia e inexistente na índia nos dias atuais. Nem a lenda dos “intocáveis”, nem o rio Gandhi foram mostrados como realmente são. Basta procurarmos um consulado indiano para recebermos as verdadeiras respostas: “Os intocáveis já não existem desde a década de 70, e são jogados no rio Gandhi mortos não enterrados”. Outro ponto fantasioso na novela são as pontes aéreas, já que são necessários 3 dia para poder realizar uma viagem à índia. Deixando um pouco ao lado esta historinha surreal, vemos outra, ainda mais fantasiosa, a esquizofrenia de Tarso. Um paciente esquizofrênico é muito magro e notamos que o personagem estava forte demais para o papel. Após várias críticas, os diretores pediram ao ator que ele emagrecesse um pouco! É nisso que dá tentar falar sobre uma cultura diferente da sua sem se quer prestar atenção na estética atual dela! Apanhando e aprendendo Glória.

>>BOLETIM ImPoSsSÍvEL

-Nota 10

A iniciativa do “Pânico na TV” em dar uma casa ao Zina, criador do bordão: “Ronaldo”. O programa, mesmo sem grandes verbas, encontrou parcerias para realizar o sonho do pobre fão do jogador rico, Ronaldo, o fenômeno.

-Nota 0

Ao segurança do José Sarney, por ter espancado o jornalista do C.Q.C Danilo Gentile. Danilo, fazia mais uma de suas perguntas indiscretas, quando foi agarrado por trás por um dos “capangas” pessoais de Sarney. Além de ter a fama de empregador de parentes, Sarney também pegará a fama de espancador de repórter.

>>TRUQUE DA SEMANA:

Quem não gosta assistir “Procurando Nemo”, o filme da Disney Pixar que estreou em 2003 e fez o maior sucesso? Quem tem o DVD original do filme, pode se deliciar com um extra escondido da Dory com amnésia presa na sua TV. Se quiser dar boas risadas, use o disco 2, entre em bônus especial, entre e por trás das câmeras, ilumine a setinha do retorno, pressione direita e ao surgir um peixinho verde aperte enter. Pronto! Divirta-se.

>>ESTREIA: SÉRIE – AS BESTEIRAS QUE A TELEVISÃO NOS LEVA A FAZER…

Começa aqui a grande saga das besteiras que a programação televisiva nos obriga a fazer. Grande mal entendidos, informações inverídicas, busca pelo inexistente… Tudo isso você acompanha desde hoje, com narrativas reais, surreais e divertidas. Sempre lembrando, que todas as histórias daqui foram recolhidas por nossos repórteres em formato de depoimento. No capítulo de estréia, veremos o caso do garoto que passava seu tempo à procura de um tão sonhado Pokémon.

CAPÍTULO UM

TEMOS QUE PEGAR, POKÉMON!

Quem um dia já não se questionou se os pokémons realmente existiam? Quantos não olhavam nos jardins e matas querendo encontrar um Charmander, Bubassauro ou o ratinho amarelo de listras marrons, conhecido internacionalmente como Pikachu? É queridos amiguinhos, o caso que contarei hoje, é de um garoto, que não perdia um capítulo se quer do desenho, que na época era tão repetido quanto o Pica-pau. Após notar uma leve semelhança de um peixinho que aparece nos rios, chamado beta e um pokémon peixe, ele não pestanejou em comprar sua pokébola (dada como brinde nos guaranás antártica) e enfiou o coitado do peixinho dentro. Querendo ver a reação do seu primeiro “pokémon” o garoto joga a pokébola na parede e o peixe cái no chão se sacudindo em busca de água. Coitado do peixe! Este sacudido só fez o garoto crer que o pokémon estava soltando poderes. Quanta bobagem! Hoje ele grande, ri muito de sua infância aluada em busca dos pokémons, pois, como diria o slogan do desenho: “Temos que pegar!”.

>> CÓPIA QUE NÃO É DA RECÓPIA – 2° edição.

-DEIXE DE SER BREGA, COM OS BREGAS DO ESQUADRÃO DA MODA!

ARLINDO: Oi, me chamo Arlindo Grude e irei junto com a modelo Isafeia Fionatino, dar dicas de moda aos nossos apresentadores de TV.

ISAFEIA: É isso mesmo Arlindo. Iremos analisar, no capítulo de hoje, tudo que não presta na apresentadora só para baixinhos Xucha ( É com “ch” mesmo, para evitar processos!).

ARLINDO: Cruzes, falar nessa mulher eu faço figa, pé de pato e bangalô três vezes.

ISAFEIA: Calma Arlindo, Calma Arlindo, antes de reforma-la, teremos que pensar em fazer a parte mais brega do programa, a parte que nós chamamos ela de cafona. Até porque eu posso combinar rosa com verde, porque o programa é meu e só é chique o que eu falar que é!

ARLINDO: Vejamos o que precisa ser mudado na Xucha…

ISAFEIA: Ronaldo! Claro que precisa mudar tudo, né! Se bem que eu acho que nem macumba dá jeito naquela mondronga.

ARLINDO: Que palavreado Isa. Mondroga é coisa de pobre! E se é pré terminar com “onga”, prefiro “bilonga”.

ISAFEIA: Vejamos como ela se veste. Ela sái de uma nave espacial, com dois rabos de cavalo no cabelo, vestida com bata de enfermeira, usando bota da Joelma do Calypso! Dando um “X” para todo mundo.

ARLINDO: Precisamos mudar muita coisa! Rabo de cavalo em dupla! Meu amor, um cavalo só é muito, ninguém aguenta dois. Você é do Greys Anatomy? Então para quê bata de enfermeira Xu? Vai brincar de médico nessa idade? Bota de Joelma, que saco. Se for para copiar, copie alguém que preste e pra terminar, dar “X” é brega. Legal mesmo é dar o “Ó”.

ISAFEIA: E aqui termina o nosso programa, beijos e até a próxima semana. Se os comentários forem positivos.

IDÉIA ORIGINAL: Egnaldo Júnior, Clébson Trajano.

TEXTOS: Egnaldo Júnior, Clébson Trajano, Jacyara Silva.

REVISÃO, EDIÇÃO E MONTAGEM: Egnaldo Júnior.

GRUPO “Os ImPoSsSÍvEiS” DE ENTRETERIMENTO E JORNALISMOosimposssiveis@hotmail.com

UMA PRODUÇÃO “TV FOCO”.

QUER RECEBER NOVIDADES NO SEU E-MAIL OU CONVERSAR CONOSCO NO MSN?

osimposssiveis@hotmail.com

ACESSE TAMBÉM O NOSSO BLOG:

http://www.zonalivrenainternet.blogspot.com

E NA PRÓXIMA SEMANA:

-APRENDA QUE SE FOR PARA APLAUDIR, APLAUDA COM GOSTO!

-A VOLTA DA SÉRIE: COMO MELHORAR NOSSA TV BRASILEIRA?

-A ESTREIA DO QUADRO “LENTE DE AUMENTO”, QUE ANALISARÁ A MINISÉRIE “SOM E FÚRIA” E A “LO

Confira a audiência detalhada de todas as novelas da Globo semana a semana aqui

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Deivison Lima

Escreve sobre Televisão desde 2008