Celebridades

Escândalo milionário! Padre Robson teve romance com hacker e pagou fortuna com dinheiro da igreja após chantagem

O padre Robson, do Divino Pai Eterno (Reprodução)
O padre Robson, do Divino Pai Eterno (Reprodução)

O padre Robson, do Instituto Divino Pai Eterno, teria pago a hackers com dinheiro da igreja; ainda, o hacker mantinha suposta relação com o sacerdote

Um dos nomes mais conhecidos da Igreja Católica no Brasil, o padre Robson Oliveira Pereira, de 46 anos, que comandava a Basílica do Divino Pai Eterno em Trindade, na região metropolitana de Goiânia, capital do estado de Goiás, está envolvido em um escândalo milionário, cujo dinheiro teria saído justamente das doações feitas por fiéis à instituição religiosa.

Agora, de acordo com informações do portal de notícias da Globo, G1, o padre Robson Oliveira Pereira, que estava sendo alvo de extorsão por hackers, teria usado dinheiro da Associação dos Filhos do Divino Pai Eterno (Afipe) para pagar o montante cobrado pelos criminosos, em um total de R$ 2,9 milhões. Porém, um dos chantagistas manteria, supostamente, um caso amoroso com o líder religioso.

+Escândalo! Pastor Anderson foi adotado por Flordelis antes de virar marido e ser morto de forma cruel: ‘Dormindo com o inimiga’ 

+Esposa de Datena vem a público, expõe mania bizarro do apresentador e arranca privacidade: ‘Tinha 15 anos’

Padre Robson Oliveira Pereira e o hacker, conforme depoimentos colhidos pela Justiça junto ao Ministério Público de Goiás e à Polícia Civil, responsáveis por investigar o caso, teve supostos casos amorosos com o hacker, identificado como Welton Ferreira Nunes Júnior – este e mais quatro pessoas envolvidas no esquema de chantagem foram condenados, com penas que variam de 9 a 16 de prisão, em 2019.

“Observa-se que os acusados foram responsáveis por transmitir as ameaças à pessoa da vítima [Robson], por meio de mensagens em aplicativos e e-mails. Nessas, disseram os acusados que a vítima possuiria relacionamento amoroso com diversas pessoas, inclusive com o próprio Welton”, diz o juiz Ricardo Prata.

A defesa do sacerdote, que está afastado das atividades religiosas, disse ao G1 que “padre Robson foi vítima de extorsão, tendo buscado suporte da Polícia Civil, que monitorou as transações, e culminou na prisão dos extorsionários.

PADRE ROBSON ENVOLVIDO EM ESCÂNDALO

O padre Robson, do Divino Pai Eterno (Reprodução)
O padre Robson, do Divino Pai Eterno (Reprodução)

O padre Robson de Oliveira Pereira está sendo investigado pelo Ministério Público de Goiás por supostos desvios de doações de fiéis em valores que podem superar R$ 120 milhões. Na sexta-feira (21), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MP deflagrou a Operação Vendilhões que apura suposta apropriação indébita, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e sonegação fiscal.

+Bia Bonemer após declaração de amor, faz pedido e é ignorada por Giulia Costa: ‘Me empresta’

Após a repercussão das investigações, a arquidiocese de Goiânia suspendeu temporariamente o direito do padre Robson de realizar celebrações. Conforme o decreto, o religioso está afastado de suas funções religiosas até janeiro de 2022.

Siga o TV FOCO no Google Notícias e receba as informações bombásticas da TV e dos famosos em primeira mão - Clique Aqui!

Sobre o autor

Redação TV Foco