Pantanal

CelebridadesPantanal

Astro de Pantanal perde tudo, vende casa para sobreviver e faz apelo emocionante para pagar aluguel

Astro de Pantanal perde fortuna e fica na miséria
Astro de Pantanal perde fortuna e fica na miséria (Montagem/ Divulgação Globo)

Ator de sucesso da Globo que deu vida a Jove de Pantanal viu a miséria de perto

A novela Pantanal vem sendo um grande sucesso de audiência para a Globo e tem agradado o público que estava carente de boas tramas (e inéditas) na faixa das 21h da emissora.

A trama original “Pantanal” (1990), da extinta TV Manchete, escrita por Benedito Ruy Barbosa, que chegou incomodar diversas vezes a Globo, agora ganhou uma releitura atraves da visão do neto do autor, Bruno Luperi. Mudando os tons dados a certos personagens, agregando atualidade em seu contexto, a releitura ainda se trata do par romântico, Juma e Jove.

No entanto, Jove, que atualmente é vivido por Jesuíta Barbosa, em sua versão original, foi interpretado por Marcos Winter. O astro foi um verdadeiro galã de novelas, mas sumiu da mídia por muitos anos. Lembrando que antes de fazer extremo sucesso em “Pantanal” da Manchete, o artista iniciou sua carreira na Globo.

+Luto! Marília Gabriela cai na tristeza, abandona carreira e o país aos 73 anos e relata mortes de familiares

Marcos Winter ficou conhecido em novelas como “Vida Nova” (1988), “Tieta” (1989) e “Desejo” (1990), mas foi “Pantanal” (1990) seu grande sucesso. Logo após a fama conquistada fora do Plim-Plim, o ator foi recebido de volta à Globo como uma estrela de enorme prestígio.

Veja também

Jove (Jesuíta Barbosa) na releitura de Pantanal, da Globo; Marcos Winter como Jove em Pantanal da Manchete
Jove (Jesuíta Barbosa) na releitura de Pantanal, da Globo; Marcos Winter como Jove em Pantanal da Manchete (Montagem)

Entre os trabalhos mais famosos de Marcos Winter na Globo, após o sucesso de Jove em “Pantanal” (1990), foram: “Felicidade” (1991), “Fera Ferida” (1994), “Irmãos Coragem” (1995), “Corpo Dourado” (1998), “Pecado Capital” (1998), “Vila Madalena” (1999) e “Estrela-Guia” (2001).

Após ganhar a fama merecida como Jove, dividindo tela com Cristiana Oliveira (Juma Marruá), Marcos Winter viu sua carreira decair e ao mesmo tempo, desaparecer quase que por completo, da teledramaturgia. Em uma entrevista concedida à revista Quem, em 2010, o ator desabafou, relatando que ficou cinco anos sem nenhum tipo de renda.

Marcos Winter chegou ficar sem dinheiro para colocar combustível no automóvel. Ficou devendo salário para a empregada doméstica e também se viu obrigado a vender a prória casa para poder sobreviver. No momento que ele deu a entrevista, estava divulgando seu retorno aos palcos teatrais, fazendo um apelo ao público de que o fossem assistir, comprando assim, ingressos.

+Desaparecida da TV há anos, Ana Paula Arósio larga tudo e ator veterano admite erro: “Aquela tragédia”

Marcos Winter revelou ainda que seu retorno aos palcos era para pagar o seu aluguel. Uma triste situação para um artista que fez uma das novelas mais emblemáticas da teledramaturgia, além de ser um grande astro da Globo por mais de uma década.

O SOL VOLTOU A BRILHAR

Mas as coisas melhoraram um pouco para Marcos Winter ao longo dos anos. Entre a Globo e a Record, despontou diversos trabalhos na última década. Após a entrevista triste sobre a situação que passava, voltou à Globo e participou de “Malhação” (2010), em sua 18ª temporada. Já em 2013, fez parte do elenco de “Flor do Caribe”.

Mas foi a Record que o salvou nos últimos tempos, atuando em “A Terra Prometida” (2016), “Apocalipse” (2017), “Jesus” (2018) e “Gênesis” (2021). Atualmente, Marcos Winter pode ser visto na segunda temporada de “Reis” como o personagem Aitofel, conselheiro do rei Davi.

Marcos Winter atualmente, em novelas bíblicas da Record TV
Marcos Winter atualmente, em novelas bíblicas da Record TV (Montagem/ Reprodução)

VÍDEO YOUTUBE: GUERRA! Sonia Abrão rebate Catia Fonseca + Datena condenado + Fátima explode na Globo

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários