Novelas

NovelasPantanal

Pantanal: Como foi o final de Guta na versão original? Julia Dalavia interpreta a personagem no remake

Guta nas duas versões da novela 'Pantanal': Luciene Adami (à esquerda) e Julia Dalavia (à direita) (Foto: Reprodução / Globo / Internet)
Guta nas duas versões da novela ‘Pantanal’: Luciene Adami (à esquerda) e Julia Dalavia (à direita) (Foto: Reprodução / Globo / Internet)

Guta entrou na segunda fase de “Pantanal”.

A filha de Tenório (Murilo Benício), entrou com tudo em “Pantanal”. Guta é interpretada por Julia Dalavia no remake assinado por Bruno Luperi. Já na versão original de 1990, quem deu vida à personagem foi Luciene Adami que estava estreando nas novelas.

Luciene Adami deu vida à filha de Tenório (Antônio Petrin). A atriz tinha 26 anos na época e fez sucesso em todo o país, já que sua personagem era uma mulher à frente do seu tempo e ainda por cima com cenas sensuais na novela assinada por Benedito Ruy Barbosa.

SAIBA MAIS! Pantanal: Jove vira ‘parça’ de homem-cobra e deixa José Leôncio intrigado após ‘torta de climão’

Em entrevista à revista Donna, do jornal Zero Hora, Luciene Adami relembrou o folhetim que a projetou como estrela no cenário nacional. Antes de “Pantanal”, a atriz era apresentadora da TV Cultura. Ela foi convidada por Jayme Monjardim para fazer parte do elenco da novela da extinta TV Manchete.

“A gente não tinha a menor ideia do que ia acontecer com aquilo que estávamos fazendo naquele lugar desconhecido. Estávamos completamente entregues, apaixonados pelo trabalho, pelo Pantanal em si, sem qualquer perspectiva do alcance gigantesco que viria a seguir”, revelou Luciene Adami.

Veja também

O assédio se tornou tão grande que a atriz teve dificuldades de fazer coisas rotineiras, como ir à padaria, compras no supermercado ou até mesmo andar pela rua. “Tudo o que fazia em meia hora passou a precisar de uma hora e meia”, disse a intérprete de Guta.

DITOU MODA EM ‘PANTANAL’

A personagem de Luciene foi uma sensação na dramaturgia do início dos anos 90 por causa do seu comportamento feminista, onde ela sempre defendia a mãe, Maria Bruaca (Ângela Leal no passado e Isabel Teixeira no presente), do marido agressivo, Tenório.

Luciene Adami deixou a personagem na boca do povo e o seu corte de cabelo fez um baita sucesso. Guta usava um visual moderno com as madeixas curtas na altura da nuca. “Várias mulheres me falaram, e falam até hoje, que cortaram o cabelo, na época, igual ao da Guta. Acho que eu já tinha um pouco a ver com ela. Já usava aquele cabelo há uns cinco ou seis anos”, acrescentou a atriz da primeira versão de “Pantanal”.

Trinta e dois anos após a exibição original de “Pantanal”, Luciene Adami tem 58 anos de idade e ainda segue na carreira artística. Recentemente, ela terminou as gravações da série “Centro Liberdade” e concilia trabalhos de locuções com a docência, onde é professora de teatro em uma escola especializada em artes cênicas do Rio Grande do Sul.

Luciene Adami na primeira versão de 'Pantanal' e atualmente (Foto: Reprodução / Internet)
Luciene Adami na primeira versão de ‘Pantanal’ e atualmente (Foto: Reprodução / Internet)

QUAL O FINAL DE GUTA NA NOVELA?

Assim como na obra original, Guta é filha de Maria Bruaca com Tenório na novela das nove da Globo, onde acaba descobrindo que o pai tem uma segunda família. Durante a trama, ela se envolve com o meio-irmão Marcelo (Tarcísio Filho no passado e Lucas Leto agora), mas sem saber sobre o suposto parentesco com o jovem.

Amante da liberdade, Guta também se relaciona com Jove (Marcos Winter no passado e Jesuíta Barbosa no remake) e Tadeu (Marcos Palmeira em 1990 e José Loreto agora). Ela, porém, termina a novela com Marcelo após descobrir que o amado não é filho de Tenório.

Guta em cena de ‘Pantanal’ (Foto: Reprodução / Globo)

 

 

 

 

VÍDEO YOUTUBE: Urgente: WILLIAM Bonner se DEMITE da Globo + Juliette pisada e TRAÍDA + Morte brutal em PANTANAL

TV Foco AO VIVO Acompanhe

Comentários

Nossa política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Ler comentários