Celebridades TV Foco Xuxa Meneghel

Briga, piolho, intriga e demissão em massa: Paquitas da Xuxa escancaram polêmicas de bastidores nunca reveladas antes

Ex-Paquitas da Xuxa escancaram bastidores polêmicos (Foto: Reprodução)
Ex-Paquitas da Xuxa escancaram bastidores polêmicos (Foto: Reprodução)

Ex-Paquitas da Xuxa revelam maus tratos, brigas, confusões, puxadas de tapete e coisas nunca ditas antes sobre os bastidores durante transmissões ao vivo

Nos anos de 80 e 90, ser uma Paquita da Xuxa era o sonho de muitas mulheres brasileiras. Mas, apesar de tudo, da fama, de aparecer na TV e tudo mais, por trás das câmeras nem tudo era glamour. Brigas, fofocas e intrigas faziam mais do que parte dos bastidores.

Paquitas pegavam piolho

Algumas ex-Paquitas contaram como realmente eram os bastidores e até piolho as moças pegavam. “A gente pevaga piolho das crianças“, lembrou Cátia Paganote, a Miúcha. Muitas das revelações bombásticas vieram à tona nas lives que Andrea Sovetão tem feito no Instagram durante a quarentena.

Nas transmissões ao vivo, a ex-Paquita também falou sobre a demissão em massa que ocorreu em 1995 sem aviso prévio e, obviamente, pegou todas de surpresa. “Nossas cabeças foram arrancadas de uma hora para outra“, contou também Cátia.

Em abril de 1995, todas as Paquitas foram substituídas por outras, dando lugar para moças mais novas, que depois ficaram conhecidas como ‘New Generation’ [nova geração]. Mas, a demissão em massa foi motivada por um mal entendido que aconteceu no ano anterior e Priscilla Couto detalha como tudo aconteceu: “A gente estava com muita vontade de trabalhar, o terceiro disco não vinha e começamos a pensar em projetos. Estávamos perdendo espaço. O funk estava bombando e passamos a ficar atrás do You Can Dance no palco“.

+ Famoso cantor sertanejo casado troca fotos pelado com moça na internet e imagens vazam

Demissão em massa

Tudo começou quanto as assistentes de palco de Xuxa resolveram criar uma peça de teatro baseada na trama já existente ‘Confissões de adolescente’. Seria uma peça em que as paquitas contariam suas histórias e experiências: ‘Confissões de paquitas”.

O projeto acabou chegando aos ouvidos de Marlene Mattos [empresária de Xuxa na época] através de um telegrama. A mensagem dizia que as assistentes de palco estavam criando um projeto às escondidas para falar mal dela e da rainha dos baixinhos.

“Marlene estava muito rígida nessa fase, pegando pesado. Uma das meninas mandou esse telegrama dizendo que existia o projeto de um livro e da peça, distorcendo tudo”, contou Ana Paula Guimarães, a Catuxa.

Grosserias e maus tratos

A rigidez de Marlene Mattos com as meninas foi tema de todas as lives feitas pelas paquitas nas redes sociais. Andrea Sorvetão contou que nem se quer pôde se despedir das colegas quando foi demitida, no auge do sucesso, em 1990. Na época, comentava-se nos bastidores que ela vinha ganhando muito espaço. “A gente não fazia coisas para ser humilhada daquela maneira. Ela vinha com muita agressividade“, disse Andrea.

Ainda sobre as grosserias e maus tratos de Marlene Mattos, Ana Paula Guimarães revelou que a diretora não sabia falar com as paquitas e, muitas vezes, fazia com que as moças chorassem nos bastidores. “Marlene não sabia falar com a gente e muitas vezes eu ia para casa chorando. Não ia querer aquilo para minha filha“, revelou.

As Paquitas: sucesso nos anos 80 e 90 Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo
As Paquitas: sucesso nos anos 80 e 90 Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo

Barracos, traição e muita fofoca ao vivo no canal do TV FOCO no YOUTUBE. INSCREVA-SE

Sobre o autor

Thainá Rambaldo

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, trabalho na área há cinco anos e tenho experiência em TV, rádio, agência de publicidade, redação, atendimento, assessoria de imprensa, planejamento de mídias digitais, apresentação, edição de vídeo e imagem.

No TV Foco escrevo sobre TV e Famosos, faço críticas e o balanço do dia das audiências prévias da televisão.